Bolsonaro vai usar caso Celso Daniel contra Lula

Atualizado em 9 de dezembro de 2021 às 12:06
Celso Daniel durante entrevista
Bolsonaro vai usar Celso Daniel para tentar barrar Lula – Foto: Reprodução

Bolsonaro vai atacar Lula de todas as formas para tentar derrubar as intenções de voto do petista. E o gabinete de ódio do bolsonarismo já está preparando uma nova onda de ataques. Um deles será tentar ressuscitar o caso de Celso Daniel e explorar ao máximo o assunto. Por mais que a morte do ex-prefeito não tenha ligação alguma com o ex-presidente, o grupo irá insistir no tema.

O DCM ouviu de duas pessoas que são ligadas ao bolsonarismo e elas confirmaram o tema. O assessor de um deputado, inclusive, garantiu que já recebeu a instrução para trabalhar com o tema. “O gabinete do ódio vai falar muito do caso do Celso Daniel. Vamos derrubar o PT assim”, contou ele sem saber que estava falando com a reportagem.

Num dos grupos do gabinete do ódio no Telegram, do qual a reportagem conseguiu acesso, o tema já começou a ganhar corpo. “O Lula vai ter que explicar o caso do Celso Daniel”, diz um usuário. A ideia é lançar a fake news de que o petista deveria ser responsabilizado pela morte.

Leia também

1 – Como bolsonaro virou piada ao vencer uma votação tipo big brother na Time

2 – Glória Maria é a próxima entrevistada no podcast de Mano Brown

3 – Moro nega cumplicidade com Bolsonaro, mas não explica esquema da Lava Jato para eleger o capitão

O caso Celso Daniel e Bolsonaro

E para piorar, a ideia é ligar o caso Celso Daniel ao de Bolsonaro. “Você notaram que nunca descobriram quem matou o Celso Daniel? Igualzinho fizeram com quem mandou matar Bolsonaro”, diz outro texto num dos grupos bolsonaristas. No núcleo duro da campanha já há a ordem para que o tema seja colocado aos poucos para tomar conta das redes.

“A partir de agora é guerra”, disse o assessor do deputado. Como não sabia tratar-se de uma reportagem, o nome dele será preservado. “Há um esquema acontecendo para que tudo contra o Lula seja trazido à tona”, finaliza.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.