Ciro chama Haddad de “puxa-saco”, “incompetente” e diz que ele e Lula “abraçam bandidos”

Haddad e Ciro no debate do SBT em 2018

O pré-candidato à presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, chamou o ex-ministro da educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), de “puxa-saco” e de “incompetente” nesta terça-feira (24), pelo Twitter.

Leia mais:

1. “Cuidado com a carteira”, disse irmão de Cid Gomes após encontro com Lula

2. Associação de PMs diz que corporação está pronta para o golpe

3. “Política é para políticos”, diz Augusto Aras negando alinhamento com Bolsonaro

4. Lula usa aniversário da morte de Getúlio para falar do preço do gás e da gasolina

5. “Treino de segunda a sexta, às 6h da manhã”, diz Lula após reação de fisiculturista

A sequência de publicações foi uma resposta a entrevista que Haddad deu para o programa Conversa com Bial, da Globo, que foi ao ar ontem (23). Na entrevista, Haddad disse que Ciro foi convidado, nas eleições de 2018, para ser vice de Lula. Confira o vídeo da fala de Haddad no final da página.

Leia o que Ciro Gomes publicou hoje:

“Aos puxa-sacos eu entendo, só não os respeito. Tudo que Haddad tem na vida política deve a Lula. Já eu, a ele não devo nada. Por isso sou livre para criticá-lo. Haddad, não! Tem que ser seu bajulador eterno, sempre da turma do amém.

Haddad aceitou ser poste. Eu jamais aceitaria. Sua subserviência, incompetência e falta de amor ao país, deu a presidência do Brasil ao Bolsonaro.

Enquanto eu peço para debater os problemas do Brasil, eles seguem evitando. Não têm projeto, apenas paixão doentia pelo poder. Para obtê-lo pagam qualquer preço. São capazes de vender a própria honra e a honra do país.

Haddad e Lula seguem abraçando bandidos conhecidos e atacando quem os enfrenta de cabeça erguida.

Está aí minha missão: livrar o Brasil de Bolsonaro e do lulopetismo corrompido.

Seguirei lutando pelo Brasil”, escreveu Ciro.

Assista abaixo o que Haddad disse ontem ao jornalista Pedro Bial: