Ciro Nogueira anuncia fechamento das fronteiras do Brasil para países africanos

Ciro Nogueira
Ciro Nogueira falou do fechamento das fronteiras

Ciro Nogueira comunicou nesta sexta (26) que o Brasil vai fechar as fronteiras aéreas para seis países da África. A decisão se deu por conta da variante Omicron, nova mutação da Covid-19 que teria surgido na África do Sul. Cientistas ainda estão estudando o assunto para dar mais detalhes.

Segundo o Ministro da Casa Civil, a portaria vai ser publicada no Diário Oficial da União no sábado (27). E entrará m vigor no começo da próxima semana. A norma irá vale para pessoas procedentes de África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

“O Brasil fechará as fronteiras aéreas para seis países da África em virtude da nova variante do coronavírus. Vamos resguardar os brasileiros nessa nova fase da pandemia naquele país. Portaria será publicada amanhã e deverá vigorar a partir de segunda-feira”, afirmou Ciro.

A decisão foi tomada por uma equipe técnica interministerial. A ordem partiu da Casa Civil, Ministério da Saúde, Ministério da Justiça e Ministério da Infraestrutura.

Leia também:

1- Jogador que tomou golpe da fake de Alessandra Ambrósio ganha vaquinha virtual

2- Confusa e abandonada, Regininha Poltergeist dorme em um posto de gasolina e está passando fome

3- Esquema de prostituição que explorava 30 brasileiras é desmantelado na França

Presidente da Anvisa pediu ao Governo Federal medidas, que foram anunciadas por Ciro Nogueira

O presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, voltou a defender a exigência da comprovação de vacinação para entrada de viajantes no Brasil. Porém, ele aumentou o tem e decidiu entrar em guerra com o que chamou de “turismo antivacina”. As declarações foram dadas em entrevista à GloboNews.

“O Brasil se torna atraente para o turista como sempre foi. Agora, não pode ser atraente para o turismo antivacina. Isso não é razoável, isso não é aceitável e nós iremos às últimas consequências defendendo nossas posições, que são baseadas em Ciência para proteger nosso cidadão”, disse ele.

A entrevista foi concedida pouco após a Anvisa anunciar que recomendou ao governo a restrição de voos e viajantes vindos de países do sul da África após a detecção na África do Sul de uma nova variante da Covid-19.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link