Comitiva de Bolsonaro come pizza na rua em Nova York por não ter prova de vacinação

Comitiva brasileira em Nova York janta na rua – Foto: Reprodução/Twitter

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez a comitiva brasileira comer no meio da rua em Nova York neste domingo (19).

Como o mandatário não se vacinou contra a covid-19, ele não pode entrar em restaurantes.

Na imagem, Bolsonaro aparece encarando um pedaço de pizza numa cena mais deprimente do que engraçada.

Ao lado do presidente, o ministro do Turismo, Gilson Machado, aparece com a cueca por cima da camisa – o que chamou a atenção de internautas.

Ministro do Turismo com a cueca por cima da camisa

Outros detalhes da imagem também estão rendendo comentários pela web.

Como, por exemplo, a expressão feita pelo almirante Flávio Augusto Viana Rocha, secretário de Assuntos Estratégicos do Palácio do Planalto.

E também o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, com a boca escancarada para morder a pizza.

A careta do almirante Flávio Augusto Viana Rocha

“Jantar de luxo em NYC”, brincou o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria-Geral da Presidência.

Passaporte sanitário

A cidade de Nova York foi a primeira dos Estados Unidos a criar um passaporte sanitário.

Em agosto de 2021, o prefeito democrata Bill de Blasio determinou que seria exigido um certificado de vacinação para entrada em restaurantes, academias e locais de entretenimento.

Ele anunciou que um dispositivo, denominado “Key to NYC pass”, exigiria a imunização de funcionários e clientes”.

O prefeito ainda especificou que é necessária “pelo menos uma dose” de vacina para participar dessas atividades.

“Se você foi vacinado (…), você tem a chave, pode abrir a porta. Mas se você não for vacinado, infelizmente, não poderá participar”, pontuou Blasio.

Leia mais:

1 – Menos um: advogado de Zé Trovão anuncia em VÍDEO que fugiu do Brasil

2 – Advogado de Gilmar Mendes faz parte da comitiva de Bolsonaro para Assembleia-Geral da ONU

3 – VÍDEO: Trompetista toca tema de Lula em shopping no Piauí, e presentes fazem coro

Bolsonaro em Nova York: pizza na rua porque não tem prova de vacinação