DCM Ao Meio-Dia: CPI passa sufoco com Ricardo Barros; e Tarcísio Meira morre de covid-19

ricardo-barros
A ex-governadora do PR Cida Borghetti com o marido Ricardo Barros em encontro com Bolsonaro em 2018

Ricardo Barros, depoente da CPI da Covid, é o assunto junto com o escândalo da Covaxin. AO VIVO. Cássio Oliveira e Pedro Zambarda fazem o giro de notícias no DCM.

LEIA MAIS:

1 – EXCLUSIVO: As conexões entre a Precisa, do caso Covaxin, e um sobrinho de Silvio Santos. Por Zambarda 

2 – EXCLUSIVO: Precisa, do caso da vacina da Índia, é investigada por vender testes de covid 90% mais caros ao governo

Ricardo Barros fala na CPI da Covid

O líder do governo Bolsonaro na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), é o depoente desta quinta-feira (12) na CPI da Covid.

Ele é acusado de ser o principal articulador por trás das irregularidades na compra da vacina Covaxin.

O parlamentar também é citado numa denúncia de pagamentos irregulares mensais de até R$ 296 mil a políticos e servidores ligados ao Ministério da Saúde.

Em seu testemunho à comissão, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) citou o líder do governo.

Segundo ele, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que as irregularidades na compra da Covaxin eram “coisa do Ricardo Barros”.

Barros, como se sabe, foi quem contratou a Precisa Medicamentos quando era ministro da Saúde de Michel Temer, num contrato que nunca foi cumprido e que virou um inquérito policial.

Barros seria quem mais lucrou com a propina, que teria começado em 2018 com previsão de durar cinco anos, segundo a denúncia.

Veja a live.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!