Essencial do DCM – PIB andou de lado, admite Guedes; Luciano Hang investigado na CPI; o novo rolo de Jair Renan

Jair Renan Bolsonaro
(foto: Redes Sociais/Reprodução)

Jair Renan Bolsonaro e sua mãe são assunto. AO VIVO. Kiko Nogueira e Pedro Zambarda fazem o giro de notícias. Entrevista com a deputada Jandira Feghali e Vinícius Segalla.

LEIA TAMBÉM:

1 – Bolsonaro enxerga 7 de setembro como tiro de misericórdia em seu governo

2 – Advogado de Carlos Bolsonaro é irmão de desembargador que assessorou Dias Toffoli em três órgãos

Quebras de sigilo que envolvem a mãe de Jair Renan

As quebras de sigilo não atingiram só o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). O MP-RJ (Ministério Público do Rio) pediu à 1ª Vara Especializada de Combate ao Crime do TJ-RJ (Tribunal de Justiça) a quebra de sigilos bancário e fiscal de Ana Cristina Siqueira Valle, segunda mulher do presidente Jair Bolsonaro (sem partido – RJ) e mais 25 pessoas.

Essa quebra foi autorizada no dia 24 de maio. Ao todo, o núcleo investigado que inclui Ana Cristina possui mais seis parentes dela que constaram como assessores de Carlos Bolsonaro. O MP -RJ investiga o grupo desde julho de 2019 por suspeitas de devolução de salários, a rachadinha, e a existência de nomeações de “funcionários fantasmas” — pessoas que não trabalhavam de fato em seu gabinete na Câmara Municipal do Rio.

Outras sete empresas também tiveram os sigilos quebrados no caso. Carlos Bolsonaro negou irregularidades. A defesa de Ana Cristina Valle lamentou o vazamento dos dados e disse que se manifestará nos autos.

Ela trabalha hoje como assessora da deputada federal Celina Leão (PP-DF) e mudou semana passada para uma mansão de R$ 3,2 milhões em Brasília.

VEJA O ESSENCIAL DO DCM