Essencial do DCM: SEXTOU com Bemvindo Sequeira (e Inez Oludé da Bélgica)

Veja o Essencial do DCM
Essencial do DCM: SEXTOU com Bemvindo Sequeira (e Inez Oludé da Bélgica). Foto: Reprodução/DCMTV/YouTube

Moro é assunto. AO VIVO. Pedro Zambarda analisa as principais notícias e conversa com o humorista Bemvindo Sequeira e a ativista e artista Inez Oludé.

LEIA MAIS:

1 – “Moro tem profunda deficiência cognitiva”; Pedro Serrano rebate ataques do ex-juiz

3 – DCM Café da Manhã: Lula melhora índice de intenção de voto entre evangélicos

Moro ataca as instituições

Revista Veja fez uma entrevista bajulando o ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro de Bolsonaro, Sergio Moro (Podemos). Na conversa, Moro atacou o Grupo Prerrogativas.

Disse o ex-juiz à Veja:

Por que grande parte das críticas à Lava-Jato vem de advogados?

Há um grupo de advogados, como esse Prerrogativas, trabalhando pela impunidade de corruptos.

Esses mesmos advogados se arvoram de alguma espécie de ética, de alguma espécie de superioridade moral em relação ao Ministério Público e em relação aos juízes que participaram desses casos.

No fundo a vergonha está neles.

Na condição de eleitor, em quem o senhor votaria num eventual segundo turno entre Lula e Bolsonaro?

O Brasil não corre o risco de ter essa escolha trágica. Eleger Lula ou Bolsonaro é suicídio”.

O jurista Lenio Streck, integrante do Prerrogativas, enviou uma resposta para Moro ao DCM.

Disse o seguinte:

“Moro é uma figura bizarra. Conseguiu fazer o máximo: ser declarado parcial.

É a desgraça para um juiz. Fosse padre e seria herege. A diferença é que a igreja expulsa hereges.

O CNJ deveria ter punido Moro. É um péssimo exemplo de juiz.

Sim, o Prerrô sente vergonha. Mas aquilo que se chama no jargão popular de vergonha alheia, se me permitem um sarcasmo desavergonhando”.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link

VEJA O ESSENCIAL DO DCM