Agência aponta motivo do rebaixamento da nota do Brasil: o déficit gerado pelo governo Temer

Publicado em 13 janeiro, 2018 5:36 pm
Palmas que ele merece.

Lisa Schineller, diretora executiva da Standard & Poor’s, disse ao Estadão que o motivo do rebaixamento da nota do Brasil é, principalmente, o grande déficit fiscal, que se acentuou no governo Temer.

“O motivo do rebaixamento do Brasil não foi apenas a questão que envolve a reforma da Previdência, que é um símbolo, mas a noção de atrasos em sequência que refletiram um amplo padrão de lentidão e de desafios em aprovar matérias difíceis da legislação fiscal, o que requer amplo apoio político.

Havia um padrão com sinais sem direção única. Ocorreu uma mudança (estrutural) das condições fiscais, pois o Brasil saiu de um período de baixos déficits do Orçamento e superávit primário registrados há anos para uma fase de grandes déficits primários e do Orçamento.”

Ou seja, tem razão a senadora Kátia Abreu. Não teve ajuste fiscal, apenas o arrocho dos investimentos sociais.

Note para o que disse a excutiva da Standard & Poor’s:

“Ocorreu uma mudança (estrutural) das condições fiscais, pois o Brasil saiu de um período de baixos déficits do Orçamento e superávit primário registrados há anos para uma fase de grandes déficits primários e do Orçamento.”

Ou seja, os golpistas inviabilizaram o País.