Após ser ignorado por ministros, Bolsonaro desiste de ‘marcha do impeachment’ até o Senado

Publicado em 17 agosto, 2021 6:45 pm
Bolsonaro. (crédito: Evaristo Sá/AFP)

Jair Bolsonaro está desistindo de um de seus atos golpistas contra o STF no Senado.

LEIA MAIS:

1 – Auditor diz na CPI que Bolsonaro alterou arquivo sobre mortes de covid e divulgou como oficial

2 – Após áudio golpista, Sérgio Reis é alvo de 29 subprocuradores por incitação ao crime

Bolsonaro versus Supremo

Não deve rolar a ideia do presidente de promover uma “marcha” com ministros para levar ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, pedidos de abertura do processo de impeachment contra Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, do STF e do TSE.

O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO. FOTO: EVARISTO SÁ/AFP

Considerando a repercussão negativa do plano, o presidente já disse a aliados que se tratava de um boato e que apenas protocolaria os pedidos, sem pompa e circunstância. Dois auxiliares do presidente descartaram qualquer chance de o presidente descer a rampa do Palácio do Planalto e caminhar até o Senado.

Ministros já procuravam compromissos e até viagens nesta semana para não terem que se juntar ao chefe na empreitada. No sábado, quando anunciou a iniciativa pelas redes sociais, o presidente escreveu: “na próxima semana, levarei ao Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, um pedido para que instaure um processo sobre ambos [Barroso e Moraes], de acordo com o art. 52 da Constituição Federal”.

Com informações de Gustavo Maia na Veja.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!