VÍDEO: Mulher tira a roupa nas Lojas Americanas e denuncia racismo

Publicado em 11 outubro, 2021 2:50 pm
Mulher tira a roupa em Lojas Americanas para provar que não furtou nada. Imagem: Reprodução
Mulher tira a roupa em Lojas Americanas para provar que não furtou nada. Imagem: Reprodução

Uma mulher negra foi acusada de furtar um produto das Lojas Americanas em um shopping de Salvador, na Bahia, e resolveu tirar a roupa para provar que não tinha feito nada de errado.

Enquanto se despia, ela protestava contra a loja, acusando funcionários de racistas.

Assista ao vídeo no final da página.

Leia mais:

1. Datafolha: Bolsonaro chega a 2022 com a maior carga eleitoral negativa desde a redemocratização

2. Sérgio Camargo diz que celebridades negras homenageadas pela Palmares integrarão ‘lista da vergonha’

3. Estudo francês conclui que vacinas reduzem risco de internação e morte por covid em 90%

A vítima também pediu para a amiga continuar gravando e afirmou que iria direto na delegacia registrar um boletim de ocorrência.

Assista abaixo.

Não foi o primeiro caso

O caso desta segunda-feira (11), nas Lojas Americanas, em Salvador, não foi o primeiro episódio de racismo em que a vítima resolve tirar a roupa para provar que não furtou.

Em agosto, um homem negro de 56 anos adotou o mesmo procedimento em um supermercado da Rede Assaí, em Limeira, no interior de São Paulo. Ele tinha ido ao supermercado conferir os preços dos alimentos e saiu sem comprar nada. Isso serviu de motivo para dois seguranças o obrigarem a se despir.

Nesse episódio, a empresa disse que os funcionários foram afastados e que começaria a investigar.

Assista abaixo o momento em que o homem foi cercado pelos seguranças e tirou a roupa.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!