“O Governo Jair Bolsonaro comprou 20 milhões de doses da Covaxin”, disse Fábio Faria em março

Publicado em 25 junho, 2021 11:42 am
Fabio Faria, o ministro das Comunicações. Foto: Reprodução/Instagram

Apesar de a nova narrativa sobre a Covaxin ser de que o governo comprou somente 3 milhões de doses do imunizante, o próprio ministro das Comunicações, Fábio Faria, já disse o contrário.

Em 25 de fevereiro, ele afirmou que o Ministério da Saúde “assinou contrato para compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin”.

Neste dia, de fato, foi assinado o contrato nº 29/2021, com o valor empenhado.

Nove dias depois, em 3 de março, o ministro voltou a falar sobre:

O Governo Jair Bolsonaro comprou 20 milhões de doses da Covaxin”.

O próprio Ministério da Saúde disse ao Congresso, respondendo a requerimento, que adquiriu esta quantidade de doses.

A narrativa das três milhões de doses, que agora se tenta emplacar, diz respeito a um invoice (nota fiscal de importação) que gerou incomodo, inclusive, à Anvisa.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!