EXCLUSIVO: Em áudios, Joice manda assessores atacarem Carlos Bolsonaro e outros e poupar Luciano Hang

Joice Hasselmann, em áudio para assessores: “Puts, não quero bater no Luciano (Hang)”

Por Vinícius Segalla*

O DCM teve acesso a mensagens de áudio enviadas pela deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) a dois secretários parlamentares de seu gabinete, CAROLINE GELSI MARCELINO e JEAN RAPHAEL TADEU MENDES DA SILVA, instruindo-os a fazer memes contra adversários políticos, como o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP).

Nas mensagens, a deputada cobra mais produtividade dos assessores na tarefa, evidenciando fazer uso de verbas públicas (que remuneram os assessores de gabinete) para propagar ataques pela internet, o que é proibido por lei. Ouça abaixo.

Em um dos trechos, Joice Hasselmann ordena que seus funcionários façam montagens com entrevistas do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) em diferentes períodos. O objetivo declarado da parlamentar é dar a entender que Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva “são um só”, já que ambos são ou foram defendidos por Jefferson.

Lista de funcionários do gabinete de Joice Hasselmann (PSL-SP). Caroline Gelsi Marcelino e Jean Raphael Tadeu Mendes da Silva, a quem a deputada envia as mensagens de áudio reproduzidas nesta reportagem, fazem parte de sua equipe (Fonte: Câmara dos Deputados)

 

Em outra mensagem, Joice Hasselmann manda os secretários parlamentares CAROLINE GELSI MARCELINO e JEAN RAPHAEL TADEU MENDES DA SILVA passarem “o dia inteiro nas redes sociais” bloqueando usuários em suas contas particulares que trazem críticas à deputada.

A deputada chega a reclamar com Caroline Marcelino, chamada de “Carol” no áudio, que ela “andaria meio ociosa” em seu trabalho. O salário da referida secretária parlamentar é de mais de R$ 10 mil por mês.

Secretária parlamentar que Joice Hasselmann usa para fazer memes ganha mais de R$ 10 mil por mês

Finalmente, em outras mensagens destinadas aos mesmos assessores, a deputada pede que a imagem do empresário Luciano Hang, dono da rede varejista Havan, seja retirada de um meme que Joice usa para atacar Carlos Bolsonaro e Roberto Jefferson, entre outros. O motivo alegado pela congressista: “Puts, não quero bater no Luciano.”

Quando jornalista, deputada era propagadora de fake news

Joice Hasselmann apresentou, na CPMI das Fake News, indícios e provas de que vem, assim como pratica com outros, sofrendo calúnias e ataques digitais coordenados por uma rede de fake news e difamação comandada por grupos ligados ao governo federal, especificamente, segundo ela, pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro.

O que a parlamentar e ex-jornalista não mostrou são as suas próprias mentiras e fake news. Conforme se evidencia pela lista de mentiras comprovadas que já publicou a parlamentar, a verdade é que Joice Hasselmann já compôs e alimentou a mesma rede propagadora de fake news de que agora se diz vítima.

Clique aqui ou na legenda da imagem abaixo para conhecer 17 fake news comprovadas que a parlamentar já espalhou nas redes sociais.

Clique aqui para conhecer 17 mentiras comprovadas que Joice Hasselmann já propagou na internet

 

* Colaborou Davi Nogueira

 

 

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!