Facebook protege 5,8 milhões de usuários de bloqueio; Trump e Neymar integram a lista

Donald Trump e Neymar Jr. são dois dos protegidos pelo Facebook
Donald Trump e Neymar Jr. são dois dos protegidos pelo Facebook. Foto: Getty Images

Apesar de dizer que suas regras se aplicam a qualquer usuário, o Facebook protege uma lista de celebridades. Usuários influentes não são obrigados a cumprir as diretrizes da rede social. A plataforma tem um programa secreto chamado “XCheck”, uma “verificação cruzada”, que isenta um grupo de políticos e outras personalidades.

São cerca de 5,8 milhões de usuários, segundo documentos obtidos pelo Wall Street Journal. Parte deles é protegido por ações de fiscalização. Outra, tem permissão para postar materiais que violem as regras do Facebook. O programa está em vigor desde 2019.

Em análise confidencial, a rede chegou a dizer: “Ao contrário do resto da nossa comunidade, essas pessoas podem violar nossos padrões sem quaisquer consequências”.

Leia também:

1 – Rede social restaura perfil de Eduardo Bolsonaro diz que remoção foi “engano”

2 – Na plataforma, 73% entendem incêndio no Borba Gato como reparação histórica, diz analista de dados

A lista de usuários protegidos pelo Facebook

Entre a lista de privilegiados estavam, por exemplo, Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos. Além dele, Neymar Jr., Elizabeth Warren e Hillary Clinton também estavam isentos de cumprir as regras. O próprio Mark Zuckeberg também integra a lista.

Trump acabou banido posteriormente.

Neymar, por conta da isenção, pôde postar fotos íntimas de Najila Trindade na rede social. Posteriormente, a rede social removeu o conteúdo, mas ele só conseguiu fazer a publicação sem passar por revisão por causa do nome na lista.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!