Filha de dono da Globo aparece nos Pandora Papers com offshores para comprar aeronaves

A filha de João Roberto Marinho, dono da Globo, tem offshore
João Roberto Marinho e a filha, Paula Marinho. Foto: Reprodução

Paula Marinho, filha de João Roberto marinho, dono da Globo, aparece nos Pandora Papers. Ela é listada como proprietária de duas empresas nas Ilhas Virgens Britânicas, a Limozina Investing Limited e a Ravello Holding Limited. As duas companhias tinham como objetivo comprar aeronaves nos Estados Unidos.

Na ficha da primeira empresa, de 2011, consta que ela foi usada para comprar um helicóptero Grand Agusta. Não deixa claro, no entanto, se a aquisição foi feita. Na Limozina, Paula é sócia de Alexandre Chiapetta de Azevedo, seu ex-marido, segundo o Poder360.

A Ravello também objetiva a compra de uma aeronave. O modelo não é mencionado, mas o valor, sim: US$ 5 milhões. Foi aberta cinco anos depois da primeira, em 2016, após o divórcio com Alexandre. A empresa foi registrada nas Bahamas. A assessoria da filha do dono da Globo alega que todas as offshores foram declaradas às autoridades brasileiras e já foram encerradas.

Leia também:

1 – Depoente da comissão é ex-paciente da Prevent Senior e promete expor “trama macabra”

2 – Lacombe entrevista Luciano Hang e quase zera audiência na RedeTV!

3 – Ministros do STF não desconfiavam de infiltrada de Allan dos Santos

Globo não noticiou a offshore milionária de Guedes

Os veículos da Rede Globo não noticiaram a offshore do ministro da Economia. Agora faz sentido a omissão da grande imprensa diante do caso. Além de Paula Marinho, donos da Jovem Pan, da Editora 3 e os filhos de Ratinho também têm empresas em paraísos fiscais.