Haddad refresca memória de Octavio Guedes e diz que nunca subestimou Bolsonaro

Haddad
Haddad fala que nunca subestimou Bolsonaro

O candidato do PT nas eleições presidenciais de 2018, Fernando Haddad, afirmou que Bolsonaro tem grande chance de estar no segundo turno de 2022. O ex-prefeito de São Paulo disse que nunca subestimou o atual presidente. E deixou claro o posicionamento do partido em relação ao governante do poder executivo.

Ele foi questionado por Octavio Guedes, da GloboNews, se “o PT subestimou Bolsonaro” e “escolheu Alckmin como alvo no primeiro turno”. O jornalista alegou que a campanha de Haddad argumentou, à época, que a migração de votos da periferia de Lula para Bolsonaro não era um fenômeno nacional. O petista então refrescou sua memória:

“Se tem alguém que não subestimou o Bolsonaro foi o PT e eu pessoalmente. A primeira pessoa que falou que o Bolsonaro estaria num segundo turno fui eu. Numa entrevista na capa da Folha de S. Paulo. Eu dizia que, se a centro-esquerda não tomasse cuidado, quem iria disputar o segundo turno seria a extrema-direita com a centro-direita. Isso só não aconteceu porque as injustiças contra o presidente Lula ficaram na cabeça do eleitor. E deu ao candidato do PT, no caso eu, condições de ir para segundo turno”, relatou.

Logo depois, o ex-prefeito foi questionado se “o PT acredita que Bolsonaro é o melhor adversário no segundo turno” e respondeu:

“Assim como queríamos em 2018, queremos no segundo turno em 2022 alguém que esteja compromissado com a democracia. Embora tenhamos divergências com a centro-direita no que diz respeito aos direitos trabalhistas e sociais, nós não temos divergências aos direitos civis e políticos. O Bolsonaro não tem compromisso com a democracia e nem com as instituições. O pacto do PT sempre será com a democracia”, continuou.

Leia mais:

1 – VÍDEO: Luciano Huck erra significado da música de Harry Styles, e web não perdoa

2 – Mais da metade dos eleitores de Bolsonaro não votariam nele de novo, diz pesquisa

3 – Jovens rejeitam Bolsonaro e buscam novo nome para 2022, diz pesquisa

Haddad lamenta chance de Bolsonaro no segundo turno de 2022

Fernando Haddad destacou que há chance de Bolsonaro estar no segundo turno no ano que vem. Ele lamentou que o presidente tenta chance de ser reeleito e que não se pode subestimá-lo.

“Consideramos que ele tem chance de estar no segundo turno. É a maior probabilidade que ele esteja no segundo turno na eleição de 2022, infelizmente”, concluiu o ex-ministro da Educação.