Líder religioso faz campanha contra vacina e morre de Covid-19

líder religioso covid
Líder religioso morreu de Covid-19

Marcus Lamb, líder religioso norte-americano e fundador e diretor-executivo da rede de TV cristã Day Star, morreu de Covid-19. Ele era negacionista e promoveu uma grande campanha contra a vacinação. O empresário descobriu que estava com a doença há menos de um mês.

Críticos de Lamb repercutiram a informação nas redes sociais, criticando-o. Com a repercussão, a família pediu para ser respeitada por conta do momento de perda e tristeza. O filho do líder religioso é quem assumiu as atrações apresentadas pelo pai na televisão.

Mesmo com a morte de Marcus, Jonathan seguiu com o discurso negacionista para os telespectadores. Segundo o rapaz, a doença foi um “ataque espiritual do inimigo”. A intenção deste ‘inimigo’ era ‘derrubar’ seu pai.

Leia mais:

1 – Saiba o que disse André Mendonça sobre LGBTfobia e liberdade religiosa

2 – DCM Ao Meio-Dia: O terrivelmente evangélico André Mendonça é sabatinado no Senado

3 – Trump testou positivo para Covid três dias antes de debate contra Biden, diz ex-chefe de gabinete

Viúva de líder religioso se manifestou

A esposa de Marcus Lamb recebeu um telefonema de um dos programas do canal Day Star. Muito abalada, falou um pouco da experiência que viveu ao lado do seu marido. Explicou que a Covid-19 é uma “montanha russa”. Isto porque há momentos de melhoras e de pioras.

A viúva relatou que, antes de morrer, o marido pediu para que as pessoas orassem por ele. Vale destacar que a rede de televisão da família propagou em programas ataques contra a vacinação e medidas de restrições contra o coronavírus.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link 

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link