Mourão manda recado a Bolsonaro: “Poderia ter negociado o impeachment com o Congresso”

Mourão e Bolsonaro lado a lado
Bolsonaro e Mourão. (Photo by EVARISTO SA / AFP)

Vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) declarou ao UOL ser ‘leal a Jair Bolsonaro (sem partido)’ e disse que poderia, se quisesse, ter articulado junto ao Congresso Nacional o impeachment do presidente da República.

LEIA MAIS:

1 – Exclusivo: Crianças são expostas em live de conteúdo adulto no TikTok e um dos perfis segue no ar

2 – Exclusivo: Em mensagens, Dallagnol combinou com procuradores como pressionar juízes e promotores

3 – Exclusivo: Frota diz que é contra Lira no ‘orçamento secreto’ e que o PSDB ‘parece uma oposição fake’

Golpe do Mourão no Bolsonaro?

Na visão dele, o fato de não ter tomado tal iniciativa comprovaria a sua fidelidade e provaria que ele não é “político de outra estirpe”.

“Agora, o presidente compreende perfeitamente que ele tem a minha lealdade. Então ele não precisa temer nada de mim. Com todas as crises que foram vividas, acredito que se eu fosse um político de outra estirpe teria negociado ali dentro do Congresso um impeachment do presidente. Como eu não sou, ele sabe que tem essa situação tranquila”, afirmou Mourão.

Bolsonaro e o vice têm protagonizado uma relação conflituosa desde 2019, o início do atual governo, com atritos públicos provocados por divergências de pensamento.

Chefe do Executivo nunca fez questão de esconder a sua irritação com Mourão, sobretudo em episódios nos quais Mourão fez declarações à imprensa e omitiu opiniões a respeito de variados temas.

“Temos uma relação muito clara e muito tranquila. Tivemos aí alguns atritos em alguns momentos. Isso é normal, não vejo problema nisso”, destacou o general de Exército.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link