Mourão e Bolsonaro: A relação que está enlouquecendo as Forças Armadas

Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão
Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão | Reprodução

As Forças Armadas não estão satisfeitas com a relação de Bolsonaro e Mourão. Os militares da alta patente apontam uma deselegância por parte do presidente. Mas também há grande incômodo com a falta de reação mais ríspida do vice.

Segundo apurou o DCM, os militares possuem total respeito e admiração pela carreira de Mourão. Se ele não tem bom trânsito com políticos, o mesmo não pode se dizer sobre As Forças Armadas. Ele é general com quatro estrelas, então tem total respeito da Aeronáutica, Marinha e Exército.

O Globo informou que o tratamento dado por Bolsonaro ao vice tem incomodado os militares. Eles não acham justo e bastante desrespeitoso o tratamento que o presidente tem dado a Hamilton. Os comentários nos bastidores e até em entrevistas públicas do chefe do Executivo não caíram bem entre a alta patente.

Só que o DCM apurou que a irritação das Forças Armadas também existe por culpa de Mourão. Os militares respeitam o cargo de presidente, mas acham que o vice poderia ser melhor articulado. Na visão deles, Jair trata o general como um “serviçal” porque sabe que não corre risco de sofrer um golpe, igual Temer fez com Dilma.

Bolsonaro também não tem a intenção de mantê-lo como vice nas eleições de 2018. Ou seja, o general se tornou uma figura descartável e será levado a “banho e Maria”. Sem, é claro, levar algumas “porradas” do chefe do Executivo.

Leia mais:

1 – Advogado explica por que filhas de Gugu gravaram vídeo contra tia

2 – Pedido de Daniel Silveira para STF investigar senador tem parecer contrário da PGR

3 – Pressionado, STF não julga marco temporal para demarcação de terras indígenas

Mourão não reage

Hamilton não reage, apenas dá algumas alfinetadas no presidente. O Exército acredita que seja muito pouco. Porém, já perderam a esperança. Acreditam que o vice é fiel demais e vai até o fim com o governante. Mesmo numa relação desgastada e estremecida.

Bolsonaro não esconde de ninguém que se sentiu traído porque seu colega se encontrou com Barroso. O presidente soube apenas depois da reunião. A relação já não era das melhores e piorou depois deste episódio. A tendência que a bandeira branca não seja levantada.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!