Mulher denuncia Jovem Pan por inventar que primo dela morreu após tomar vacina da Pfizer

Mulher denuncia Jovem Pan por inventar que primo dela morreu após tomar vacina da Pfizer. Foto: Reprodução/YouTube

A tatuadora Nih Art postou um desabafo após um ataque covarde da Rádio Jovem Pan contra seu falecido primo. A emissora está alinhada com o bolsonarismo no discurso anti-vacinação.

LEIA MAIS:

1 – DCM Ao Meio-Dia: Eduardo Bolsonaro pode ter ido aos EUA infectado com covid e agora ataca vacinas

2 – No interior de SP, servidoras foram enganadas para ir a evento político com Doria

Denúncia contra a Jovem Pan

A artista postou o seguinte.

Em seu Twitter:

“O canal PINGOS NOS IS, da Jovem Pan, fizeram uma live falando da vacinação em adolescentes. Eles usaram o nome do meu primo, falecido anteontem, como um caso de adolescente que morreu por causa da Pfizer. O laudo da autópsia foi INCONCLUSIVO. NÃO FAZ NEM 24 HORAS QUE ENTERRAMOS

ELE. Falaram que os adolescentes morreram de infarto 2 semanas após a vacina. Meu primo havia tomado a vacina há um mês aproximadamente. @randolfeap @OmarAzizSenador

ME AJUDEM!! ELES NÃO PODEM FAZER ISSO COM O NOME DO MEU PRIMO SEM UM LAUDO

A mãe dele NÃO QUER MAIS SABER SOBRE ESSE ASSUNTO. Ela NÃO AUTORIZOU o uso do nome deles nesse meio”

Mulher denuncia Jovem Pan por inventar que primo dela morreu após tomar vacina da Pfizer. Foto: Reprodução/YouTube