Os planos do PSDB para o filho de Bruno Covas: torná-lo prefeito de SP

Tomás Covas e Bruno Covas, do PSDB, posam para foto
Tomas Covas quer ser candidato pelo PSDB

O PSDB já tem um plano muito bem traçado para o filho de Bruno Covas, Tomás Covas. O partido não o colocou como membro jovem da sigla e muito menos aprovou o estágio dele no governo João Doria à toa. Tudo faz parte de uma estratégia de captação de herança política do pai nos próximos anos.

Tomás entrou na sigla pouco tempo depois da morte de Bruno, vitimado pelo câncer. Pouco tempo depois, foi anunciado a ele um estágio dentro do governo de João Doria em São Paulo. Começava assim a trajetória política do garoto, cujo destaque pode começar em 2024.

A intenção do PSDB e também de Doria é que Tomás seja lançado como candidato a vereador de SP nessa ocasião. Internamente fala-se que o filho de Bruno teria uma vitória tranquila e sem grandes sustos. Além da história de vida do pai, tem a herança eleitoral de toda a família Covas e o apoio de Dória.

Filho de Bruno Covas quer entrar na política

O próprio Tomás já havia confirmado a dirigentes do PSDB que quer entrar na política. Por isso, foi traçado um plano para que ele esteja pronto em 2024, quando tiver idade. No ano que vem, além da disputa ser complicada para deputado, ele não poderia se candidatar pelo fator etário.

O sonho do filho de Bruno Covas, segundo confirmou um membro da sigla ao DCM, é ser prefeito de SP. Não se trata apenas de vaidade política, mas ele quer concluir o trabalho iniciado pelo pai e que foi interrompido. Na visão de Tomás, essa seria a melhor forma de cuidar do legado do ex-prefeito. Mas internamente o PSDB trata a ideia com cautela e acredita que, numa trajetória tranquila, o plano poderá se concretizar em 2032.

Leia mais:

1 – Bolsonaro riu ao saber que Marcos Pontes ameaçou se demitir

2 – Nenhuma figura do governo é tão patética quanto o astronauta Marcos Pontes. Por Luis Felipe Miguel

3 – Ciro Gomes gastou fortuna com publicitário para tentar crescer nas pesquisas

Tomás, o PSDB e Joice

O desabafo de Tomás Covas com o anúncio da filiação de Joice Hasselmann ao PSDB pegou muitos dirigentes de surpresa. Mesmo assim, um deles confirmou à reportagem, que não abalou a confiança e nem a relação. “Ele é muito novo e tem arroubos naturais da idade, já está superado”, informou o dirigente.

Aparentemente o caso foi realmente superado, tanto que Tomás foi visto almoçando com Hasselmann no dia seguinte. Pessoas ligadas ao partido afirmaram que a refeição foi marcada por Doria para que houvesse uma conversa franca.