Prefeito de Kiev diz que cidade está cercada: “Catástrofe humanitária”

Capital da Ucrânia em risco

Atualizado em 27 de fevereiro de 2022 às 17:39
Prefeito de Kiev e ex-campeão mundial de boxe no peso pesado, Vitali Klitschko grava vídeo em seu gabinete
Prefeito de Kiev e ex-campeão mundial de boxe no peso pesado, Vitali Klitschko grava vídeo em seu gabinete
Imagem: Reprodução/ Twitter

O prefeito de Kiev e ex-campeão mundial de boxe no peso pesado, Vitali Klitschko disse à Associated Press que a capital ucraniana está cercada.

De acordo com o político e ex-atleta, a Ucrânia está “à beira de uma catástrofe humanitária”. Klitschko informou que a evacuação dos civis na cidade se tornou impossível “porque todos os caminhos estão bloqueados”.

Nos últimos dias, cenas das estradas que ligam a capital Kiev com o resto do país completamente paradas por conta do excesso de carros correram o mundo.

Ex-boxeador liberou as autoridades de Kiev para caçarem “sabotadores” pelas ruas da cidade. De acordo com ele, a infraestrutura básica para a população civil ainda está funcionando, mas o abastecimento de produtos foi cortado pelos russos.

“Neste momento temos eletricidade. Agora temos água e aquecimento em nossas casas. Mas a infraestrutura está destruída para entregar os alimentos e medicamentos”.

Numa mensagem direcionada para a própria população e também para a comunidade internacional, Klitschko pediu que continuem apoiando a Ucrânia e destacou que seu povo “é forte”.

“Todo ucraniano tem orgulho de ser independente, orgulho de ser ucraniano e tem orgulho de ter nosso próprio país”, completou.

LEIA MAIS:

1 – Superlive de domingo – Putin põe forças nucleares em alerta; Zelensky é transformado em herói da resistência
2 – Trump condena ataque da Rússia após dizer que Putin foi “genial”
3 – Putin coloca equipes de armas nucleares em posição de alerta máximo

Negociação

Governo da Ucrânia informou hoje que concordou em ir até a fronteira do país com Belarus para negociar um possível cessar-fogo com a Rússia.

Segundo o vice-ministro do interior da Ucrânia, Eygeny Yenin, o encontro será realizado na manhã desta segunda-feira, no horário local, madrugada no Brasil.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link