Com Alckmin de vice, Lula cresce, diz pesquisa interna

Lula Alckmin pesquisa
Lula e Alckmin podem fazer parte da mesma chapa

O PT realizou pesquisas internas para saber se Alckmin agrega votos a Lula. Foi identificado que o ex-presidente não perde eleitor em nenhuma região do país por causa do ex-governador. Em São Paulo, o desempenho do petista cresce quando Geraldo é colocado como seu vice.

Conforme apurou o DCM, a pesquisa internada do Partido dos Trabalhadores perguntou se o eleitor votaria em Lula, caso Alckmin fosse vice. O ex-presidente cresce 5% no estado paulista. De saída do PSDB, Geraldo tem muita força no interior.

Desta forma, a cúpula do Partido dos Trabalhadores vê com bons olhos se aliar ao ex-governador. Agora é aguardada o novo encontro entre ele e o ex-chefe do executivo federal. Os dois colocarão seus objetivos e planos para o Brasil. Se entenderem que estão alinhados, darão os próximos passos.

Leia também:

1- Novo Lázaro: Polícia de Goiás monta caçada a criminoso que matou mulher grávida, enteada e fazendeiro

2- Auditores aprovam entrega de cargos em protesto contra secretário da Receita Federal

3- VÍDEO: Pacheco afirma que avisará STF sobre nova regulamentação do “Orçamento Secreto”

Quais são os passos de Lula e Alckmin?

Se ambos entenderem que possuem o mesmo propósito, vão passar a articular alguns pontos eleitorais. Um deles é sobre o estado de São Paulo. Se aceitar se vice, Alckmin se filiará ao PSB. Porém, o partido tem exigido que o PT abra mão da corrida eleitoral paulista.

Sendo assim, Haddad retiraria sua candidatura ou ocuparia a função de vice de uma chapa encabeçada por Márcio França. Por outro lado, o Partido dos Trabalhadores tem dúvida deste movimento. Isto porque Lula quer ter palanque no estado de SP. Por isso muitas conversas acontecerão.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.