Até Tabata Amaral votou contra PEC dos Precatórios

Tabata Amaral desconversou sobre Lula
Tabata Amaral não se aprofundou sobre o PT e falou sobre a “terceira via”

Ao contrário de seu ex-partido, Tabata Amaral votou contra a PEC dos Precatórios. Ela foi um dos 144 votos contrários à medida. O PDT, por sua vez, somou 15 votos aos 312 que aprovaram a proposta em primeiro turno na Câmara dos Deputados.

Pelo Twitter, a deputada se manifestou. “É uma gambiarra do governo para tentar garantir a reeleição. Falta decência para enfrentar os supersalários e pôr um fim ao toma lá dá cá de emendas em troca de apoio, para aí sim abrir espaço fiscal para a urgente ampliação de programas sociais”.

A deputada já votou pela Reforma da Previdência e pela privatização dos Correios, mas hoje não foi alvo de críticas por sua posição na Câmara.

Leia também:

1 – PDT apoia PEC do calote é dá cheque em branco para populismo pré-eleitoral de Bolsonaro

2 – Às vésperas de evento de filiação, Moro sofre resistências no Podemos

3 – Rita Lisauskas recusa convite para trabalhar na Jovem Pan

A proposta contra a qual votou Tabata

A PEC propõe que  o pagamento de precatórios (dívidas do governo já reconhecidas pela Justiça) é adiado. Assim, o governo consegue viabilizar a concessão de R$ 400 mensais aos beneficiários do programa que será lançado em ano eleitoral.

Resta aos parlamentares votar os destaques e o segundo turno. Arthur Lira diz que isso deve acontecer ainda hoje (4) ou amanhã (5).

 

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.