VÍDEO: Ex-Lava Jato, Thaméa Danelon espalha fake news sobre Lula na CNN

Thaméa Danelon na CNN
A procuradora Thaméa Danelon resolveu espalhar fake news sobre o ex-presidente Lula – Foto: Reprodução

Ex-coordenadora da Lava Jato em São Paulo, a procuradora Thaméa Danelon resolveu espalhar fake news sobre o ex-presidente Lula. A declaração foi dada neste sábado (16) no quadro “Liberdade de Opinião”, da CNN.

Danelon atribuiu a Ciro Gomes declaração de que que Lula estaria fazendo aliança com diversos políticos, dentre eles Romero Jucá, Renan Calheiros e o ex-deputado Eduardo Cunha e o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, em uma “tentativa de assaltar novamente os cofres públicos”.

Danelon destila mentiras e diz que durante o mandato Lula houve um assalto à Petrobrás e a inúmeras estatais.

A comentarista segue divulgando informações falsas. “Estima-se que mais de R$ 40 bi foi o prejuízo causado pela prática de corrupção e de lavagem de dinheiro praticados não só pelo ex-presidente Lula como por outros políticos”.

Confira abaixo:

Leia também:

1- Após chorar ao vivo no JN, Bonner homenageia Renata Vasconcellos

2- Fernanda Montenegro completa 92 anos e recebe carinho dos fãs nas redes

3- “Fascismo, nunca mais”: milhares protestam em Roma pelo fim de partido de extrema direita

Não é a primeira vez

Não é a primeira nem a única vez que Thaméa foi publicamente contra Lula. Em Abril, uma reportagem da Jovem Pan mostrou a reação de procuradores à decisão do STF que anulou as condenações do ex-presidente Lula.

No meio, a ex-coordenadora da força-tarefa em São Paulo também reclamou do entendimento do STF. “Não é porque a propina recebida deu origem a um bem numa localidade, que vai ser o local onde o bem é construído e onde o bem sofreu melhorias, que vai mudar a competência. A competência é onde os atos foram praticados, e esses atos foram praticados em Curitiba”, disse ela, confusa.