Vacina provoca Aids, diz Bolsonaro. Por Amarildo Lima

Veja a charge
Vacina provoca Aids, diz Bolsonaro. Por Amarildo Lima

É esse tipo de absurdo que Jair Bolsonaro diz sobre vacina e Aids.

LEIA MAIS:

1 – Eduardo Moreira dá aula gratuita no DCMTV sobre os segredos para investir

2 – Jornalista questiona se “o próprio vírus” autorizou o Twitter oficial do “Coronavírus Brasil”

3 – Huck é “pessoa diferenciada, especial” e poderia “tirar o Brasil da polarização irracional”, diz o filho de Míriam Leitão

Bolsonaro faz Aids disparar no Google

De Pedro Zambarda no DCM:

O Google encaminhou dados com exclusividade ao Diário do Centro do Mundo (DCM) sobre o impulsionamento de buscas sobre Aids após a live de Jair Bolsonaro. A transmissão com essa fake news deploravel foi retirada do ar pela empresa.

Os dados são do Google Trends. Envolvem as buscas relacionadas a Aids da manhã de domingo à manhã da última terça-feira (26).

  • Síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids) foi o assunto de política de maior alta da manhã de domingo à manhã da última terça-feira no Google no Brasil. Entre domingo (24) e esta terça-feira (26), o interesse de busca pela doença saltou mais de 3.000% em comparação às 48 horas anteriores.
  • O segundo termo de Política que mais acelerou é Vírus da imunodeficiência humana (HIV), que saltou mais 1.500% em comparação às 48 horas anteriores no Google no Brasil.
  • Entre domingo (24) e esta terça-feira (26), o Brasil foi o quarto país que mais pesquisou por Síndrome da imunodeficiência adquirida, atrás somente de Zimbábue, Zâmbia e Namíbia.
  • Para ilustrar o salto no interesse dos brasileiros pela doença, na semana entre os dias 16 e 22 de outubro, o Brasil ocupava a 36ª posição no ranking de interesse pela doença.