Versão impressa do Agora São Paulo vai parar de circular, anuncia Grupo Folha

Agora São Paulo anuncia fim de circulação
Agora São Paulo anuncia fim de circulação. Foto: Reprodução

O Grupo Folha decidiu que o jornal Agora São Paulo deixará de circular a partir da próxima segunda (29). Os assinantes receberão, no lugar, a edição da Folha de S. Paulo. “A partir de 29/11/2021, o Jornal Agora deixa de circular de forma permanente”, diz a carta enviada aos assinantes.

Em notícia, o jornal afirmou que a decisão “seguiu critérios econômicos baseados em dados de circulação e publicidade”. Os jornalistas do Agora poderão ser transferido para a redação da Folha.

Leia mais:

1 – Lira recuou de aposentadoria de ministros do STF após ameaça

2 – Mendonça tem maioria na CCJ para indicação ao STF

3 – Interpol segura inclusão de bolsonaristas na lista de procurados

Agora São Paulo perdeu milhares de assinantes

Desde dezembro de 2019, o jornal perdeu mais de 20 mil assinantes da versão impressa desde 2019. Eram 51.467 no ano em questão. Em dezembro de 2020, eram 40,22 mil cópias. Em outubro de 2021, fechou com 32.517. Os dados são do IVC (Instituto Verificador de Informações).

O jornal foi criado em 1999 para substituir a Folha da Tarde. Privilegiou a cobertura da economia popular, como Previdência e serviços públicos. A seção mais conhecida era a de “Defesa do Cidadão”.

O jornal também era conhecido por publicar as crônicas Voltaire de Souza, codinome do jornalista Marcelo Coelho. Ele também escreve para a Folha. Não se sabe se os textos serão mantidos em alguma publicação do grupo.

 

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link