Com debandada de empresários, Bolsonaro cogita abandonar Guedes

Paulo Guedes Bolsonaro
Empresários abandonam Bolsonaro e presidente cogita tirar Guedes do governo

Muitos empresários de direita estão abandonando Bolsonaro e migrando para a pré-campanha de Moro. Desta forma, Paulo Guedes perdeu seu único trunfo com o presidente. Todas as discussões que entrava no Planalto do Palácio, o ministro falava que tinha o grupo empresarial nas mãos. Agora não tem mais.

Conforme apurou o DCM, bolsonaristas procuraram executivos para falar sobre a campanha de 2022. Como todos sabem, os candidatos precisam de doações para disputar uma corrida eleitoral. Para surpresa dos apoiadores de Bolsonaro, os empresários não querem embarcar com o atual chefe do Planalto.

Mesmo com o governante no PL, os ricaços não acreditam mais no “bom comportamento” dele. Por isso resolveram pular para o lado de Sergio Moro, o Bolsonaro que toma banho.

Leia mais:

1 – Relembre as campanhas de Palmeiras e Flamengo na Libertadores

2 – Eduardo Leite acusa João Doria de propagar fake news em prévias do PSDB

3 – Queiroga diz que fechamento de fronteiras é para evitar entrada da nova cepa

Paulo Guedes criticado por empresários e também por Bolsonaro

Quem ficou mal na situação foi Paulo Guedes. O ministro da Economia sempre se vangloriou pelo fato de ter a classe empresarial ao seu lado. E usaria essa argumentação durante a campanha eleitoral. Porém, com a chegada de Moro, os executivos de direita resolveram largá-lo.

“Ele não é articulado e muitas reformas ficaram travadas no Congresso. O pior disso tudo foi a PEC dos Precatórios. Uma irresponsabilidade fiscal. Não tem como confiar em um cara assim”, explicou um empresário.

Bolsonaro já está sabendo da debandada dos empresários e não escondeu sua insatisfação. Tanto que informou que tem pensado em fazer algumas mudanças no seu governo. E o Ministério da Economia não é mais intocável.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link