Bolsonaro mudou discurso para agradar filho

Bolsonaro
Bolsonaro na ONU

O discurso delirante do presidente Bolsonaro na ONU sofreu alterações para agradar o deputado Eduardo. O governante brasileiro tinha como foco falar de liberdade e “roubar” o mérito da vacina pra si. Só que ele escutou o conselho do 03 para agradar o “cercadinho”. Venceu a queda de braço com o Itamaraty.

Segundo apurou o DCM, o texto ficou pronto antes da comitiva chegar em Nova York e sofreria pequenos “retoques”. O Itamaraty estava satisfeito. Isto porque o chefe do executivo foi bem receptivo. O foco era ampliar o discurso e dialogar com todos.

Só que uma conversa com Eduardo mudou o pensamento do presidente. Ele concordou com o filho que era preciso falar do ineficiente “tratamento precoce” contra Covid. Também achou de bom tom em comentar que o Brasil estava “à beira do socialismo”.

Os membros da comitiva ficaram desesperados e tentaram remover esses trechos do discurso. Não adiantou. O governante brasileiro se mostrou irredutível e seguiria o que combinou com o deputado.

Leia mais:

1 – Wagner Rosário pede desculpas a Simone Tebet após baixaria na CPI

2 – Alexandre de Moraes nega pedido de Zé Trovão e mantém prisão preventiva

3 – Caravana Lula Livre Brasil Livre irá percorrer o Maranhão

Bolsonaro não seguiu o discurso original

O Itamaraty queria que o presidente falasse sobre diplomacia da vacina, proteção ambiental e retomada econômica. Só que ele resolveu cortar esses trechos, além de outros pontos. No fim, venceu o desejo do filho 03.