DCM Café da Manhã: Com Bolsonaro e Guedes, a fome chega ao SUS

DCM Café da Manhã
Com Bolsonaro e Guedes, a fome chega ao SUS – Thumb/DCM

Bolsonaro e Guedes são o assunto. AO VIVO. Leandro Fortes analisa as últimas notícias e conversa com os jornalistas Miro Borges e José Emiliano. Moderação: Sara Goes.

Leia também:

1- Gol e Uno deixam de ser produzidos após 4 décadas

2- VÍDEO: Presidente acenava às margens da Via Dutra quando mulher foi presa por xingamentos

3- Noivinha do Aristides: revelação de mulher presa por xingar presidente explode nas redes

Fome chega ao SUS com Bolsonaro e Guedes

Somente 1 em cada 4 crianças atendidas nos serviços de Atenção Básica realiza, no mínimo, as três principais refeições do dia — café da manhã, almoço e jantar. É o que mostra a pesquisa feita pelo SISVAN do Ministério da Saúde.

Em todo o Brasil, entre janeiro e outubro de 2021, apenas 26% das crianças atendidas pelo SUS, com idades entre 2 e 9 anos, realizavam pelo menos essas três principais refeições.

No ano passado, o índice foi ainda pior: apenas 21% das famílias entrevistadas pelo SISVAN disseram que as crianças consumiam ao menos três refeições por dia — ou seja, somente 1 em cada 5 crianças.

De acordo com Naércio Menezes Filho, membro do Comitê Científico do Núcleo Ciência pela Infância (NCPI), as crianças mais atingidas pela fome são especialmente as das famílias mais pobres, afetadas pela perda de emprego e, consequentemente, de renda durante a pandemia. “Geralmente, tendem a ser negras ou pardas e a morar nas regiões Norte e Nordeste”, explica.

O índice começou a retroceder há cerca de sete anos. Em 2015, 76% dessas crianças realizavam pelo menos três refeições por dia. No ano seguinte, o número caiu para 42%. Em 2019, já eram apenas 28% das crianças que conseguiam fazer as três refeições.

Confira a live do DCM abaixo:

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.