Governo Doria em SP derruba investimentos na Saúde

Doria
Governador João Doria derrubou investimento na Saúde

A gestão do governador João Doria diminuiu os investimentos na saúde nos últimos anos no estado de São Paulo. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

Obras, compra de equipamentos e outras melhorias fazem parte de investimentos. Pagamentos de salários e aposentadorias e desembolsos com custeio em geral não entram nisto.

Entre 2011 e 2018, os investimentos média anual foram de R$ 1,054 bilhão, em valores corrigidos. Neste período, os governadores foram Geraldo Alckmin (PSDB) e Márcio França (PSB).

Já entre 2019 e 2020, o governo Doria derrubou essa média para R$ 811 milhões. Isso representa um recuo de 23%. A previsão para 2021 é de investimento de R$ 1,175 bilhões, abaixo dos gastos em anos anteriores. Porém, a gestão atual usou apenas 31% do valor previsto para este ano.

Leia mais:

1 – VÍDEO: Ayres Britto sobre de demarcação de terras indígenas: “É um direito”

2 – Senado quer agilizar aprovação de novo código eleitoral; saiba o que pode ser barrado

3 – Pastor negacionista que atacava doentes de AIDS e espalhava fake news sobre Covid morre da doença

Gestão Doria se defende

A administração atual do governo de São Paulo se justificou. A argumentação é que, durante a pandemia, a gestão teve aumentos em setores que não são considerados investimentos. Ela usou a criação de leitos temporários como um exemplo.

Questionado sobre 2019, quando ainda não tinha pandemia, houve explicação. A argumentação é que foi preciso diminuir os investimentos por causa de um ajuste nas contas.