Filho de Bruce Lee também morreu após tiro acidental

Lápide de Brandon lee
O imagem eternizada pelo fotógrafo americano Brian Dale Fall

O incidente que vitimou Halyna Hutchins, 42 anos, cinegrafista da equipe do filme “Rust”, de Alec Baldwin, guarda incrível semelhança com o episódio que marcou a morte do ator Brandon Lee, filho do lendário Bruce Lee, em 1993.

Leia mais

1. Alec Baldwin mata cinegrafista acidentalmente durante gravação de novo filme

2. ‘Black Ustra’: Sérgio Camargo diz que vai torturar na Fundação Palmares

3. Caso Allan dos Santos: O que acontece após o pedido de extradição

A morte do ator ocorreu durante as gravações do filme O Corvo, dirigido por Alex Proyas.

Na cena, Brandon levaria um tiro de uma arma real, mas que estaria com balas de festim. Só que a arma usada nesta cena foi carregada com munição real para a gravação de outra – a ideia era fazer o tiro parecer mais real.

A produção, porém, não notou que um projétil ficou preso no cano do revólver, mesmo após ser limpa e carregada com as balas de festim.

O ator Michael Massee foi o responsável pelo disparo que matou o filho de Bruce.

O projétil que ficou preso no cano do revólver perfurou o abdômen de Brandon Lee. A produção e elenco demoraram para perceber o que havia acontecido com o ator.

Levado para o hospital, ator não resistiu

Quando notaram a gravidade da situação, Brandon foi logo levado para um hospital da Carolina do Norte, estado no qual O Corvo foi gravado.

O ator até chegou a ser operado por seis horas, mas o procedimento não deu certo e então ele foi declarado morto.

A mãe de Brandon, Linda Lee Caldwell, e sua noiva, Eliza Hutton (com quem se casaria após o término das filmagens do longa), conversaram com Alex Proyas, diretor do filme, e o O Corvo teve seu lançamento nos cinemas de todo o planeta.

Brandon Lee foi enterrado ao lado de seu pai em um cemitério da cidade de Seattle, em um túmulo que Linda Lee Caldwell havia reservado para ela.

Anos depois, uma imagem se tornaria icônica sobre o drama do ator.

O fotógrafo americano Brian Dale Fall, depois de três meses de tentativas, conseguiu eternizar com sua câmera, no cemitério Lake View, o momento em que um corvo pousa na lápide de Brandon, dando ainda mais dramacidade ao trágico acidente envolvendo o ator.

Brandon Lee durante as gravações de O Corvo