Janaina Paschoal entra na mira do ‘gabinete do ódio’ após abandonar Bolsonaro

Janaina Paschoal gabinete do odio
Janaina Paschoal está sendo atacada por bolsonaristas

A deputada estadual Janaina Paschoal afirmou nesta semana que se prepara para concorrer ao Senado. Também relatou que não foi convidada por Bolsonaro para se filiar ao PL. E, mesmo que receba o convite, não pretende se juntar com Valdemar Costa Neto. E ainda declarou que votaria em Sergio Moro contra o atual presidente.

Conforme apurou o DCM, as declarações da parlamentar de São Paulo irritaram muito os apoiadores do governante brasileiro. Não por acaso, entrou na lista do ‘gabinete do ódio’. Tanto que já se tornou um dos principais assuntos da web neste domingo (28), sendo criticada por perfis com bandeiras do Brasil e palavras de conservadorismo.

Bolsonaro tinha o desejo de lançar Paschoal como candidata ao Senado. Só que agora deu um passo atrás. Ele sempre soube que Janaína nunca foi ‘100%’ sua aliada. Porém, nos últimos meses, ela passou a defendê-lo novamente. E o presidente queria tirar proveito disso durante as eleições.

LEIA MAIS:

1 – Aécio Neves manda recado para grupo de Doria: “Vai ter que me aceitar”

2 – VÍDEO: Ao DCM, Haddad defende alianças já para o primeiro turno

3 – Como João Doria está nas pesquisas eleitorais

Janaina Paschoal é “tucana”

A deputada tem sido chamada de “tucana” e defensora de “esquerdista”. Bolsonaristas acusam Moro de ser desarmamentista e a favor do aborto. E agora vão destacar que a advogada é contra a diminuição da maioridade penal. Como ela própria falou, uma defesa tradicionalmente de ‘esquerda’.

A reputação dela será detonada. Pelo menos esse é o plano do ‘gabinete do ódio’. Os ataques começaram neste domingo e não devem parar tão cedo. Vale ressaltar que Janaína apoiou o grupo bolsonarista. Aliás, como disse na entrevista, entre Bolsonaro e Lula, ela votará no atual presidente. Ou seja, segue no grupo dos bolsonaristas.

Confira alguns ataques que Janaina Paschoal sofreu:

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link 

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link