Em evento do PSD, Pacheco manda indireta a Bolsonaro

Rodrigo Pacheco
Rodrigo Pacheco durante Encontro Nacional do PSD – 24.11.2021 Youtube/PSD/Reprodução

Durante o encontro nacional do PSD nesta quarta (24), Rodrigo Pacheco mandou indireta a Jair Bolsonaro e seus apoiadores. Com discurso de candidato e sem citar o presidente, ele afirmou: “Amor ao Brasil não é só colocar uma camisa da seleção e sair xingando o STF, o Congresso Nacional e a política brasileira”.

O presidente do Senado Federal também afirmou que o uso indiscriminado dos meios de comunicação para atacar opositores “não é fazer política”. Apontou ainda que “não se faz desenvolvimento trazendo para a discussão valores morais, ideológicos, religiosos e de costumes”.

A fala ocorreu durante evento nacional do partido, em Brasília. O cacique Gilberto Kassab lançou uma carta de compromisso com metas para o ano que vem, sendo a principal delas a de lançar candidato próprio ao Planalto.

Leia mais:

1 – TCU obriga genro de Silvio Santos a diminuir verba do governo ao SBT e aumentar a Globo

2 – Prefeitos paulistas pedem ajuda à Lira; saiba por qual razão

3 – Bolsonaro prepara reforma ministerial com saídas de Marcelo Queiroga e Onyx

Pacheco lança candidatura pelo PSD

O presidente do Senado quer ser presidente da República. No evento, o senador confirmou que será o nome do PSD para disputar as eleições pela sigla no próximo ano. “Convocado a esta missão de servir o PSD, eu o faço na condição de presidente do Senado e, em relação às eleições de 2022, eu repito: estarei de corpo, alma, mente e coração a serviço do partido e a serviço do Brasil”, afirmou.

 

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link