Em Portugal, Queiroga é alvo de protestos em palestra sobre a pandemia

Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, é alvo de protestos em Lisboa. Foto: Marzie Damin

Marcelo Queiroga foi alvo de protestos em Portugal nesta terça (26). O ministro da Saúde foi a Lisboa para palestra sobre a pandemia no Brasil. Brasileiros aguardaram o chefe da Saúde com cartazes. Os manifestantes o chamaram de “assassino”, “mentiroso” e “ministro da morte”.

O ato foi promovido pelo Coletivo Andorinha e teve apoio da Casa Brasil e do Coletivo Maria Felipa. Cerca de 50 pessoas se reuniram em volta da Universidade de Lisboa. O evento, que seria presencial, foi mudado para virtual. O anúncio foi feito pela instituição horas antes do início da aula.

Queiroga foi convidado como “acadêmico”, segundo Fausto Pinto, diretor da faculdade de medicina. “A universidade será sempre um espaço aberto, sem tabus ou preconceitos”, completou, em nota.

Leia também:

1 – Relação de Bolsonaro com Centrão está por um fio

2 – O que diz a carta do pastor que enganou multidão sobre ressuscitar no 3º dia

3 – Carrefour: Gerente que humilhou vendedor é afastada

Veja imagens do protesto contra o ministro:

Foto: Marzie Damin
portugal-queiroga-protesto
Foto: Marzie Damin
Foto: Marzie Damin

Queiroga chegou ao evento antes da concentração dos manifestantes

O ministro chegou ao evento uma hora antes do início da palestra e da concentração dos manifestantes. Não teve de enfrentar pessoalmente os cartazes. Da última vez que presenciou um protesto, o ministro se revoltou.

Em 20 de setembro, quando acompanhava o presidente em Nova York, ele mostrou o dedo para manifestantes.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.