Saiba quem será o relator de pedido de Bolsonaro contra CPI da Covid

Bolsonaro STF contra CPI
Bolsonaro entrou com ação no STF

Alexandre de Moraes será o relator do mandado de segurança que Jair Bolsonaro ingressou no STF contra a CPI da Covid. A definição do nome do ministro do Supremo ocorreu nesta quarta (27)

A decisão não se deu por acaso, já que a escolha aconteceu por “prevenção”. Isso porque Moraes é o relator no Tribunal de outros temas relacionados com a ação do presidente. Por conta disso, foi considerado prudente deixar o assunto nas mãos de Alexandre.

Advocacia-Geral da União foi quem entrou com o mandado de segurança em nome de Bolsonaro. O pedido feito é para que sejam desconsideradas as solicitações da CPI. Um dos exemplos é a transferência do sigilo dos dados de aparelhos eletroeletrônicos do chefe do executivo da PGR para a Corte.

Leia mais:

1 – PSDB formaliza decisão que pode barrar João Doria para presidente em 2022

2 – “Vamos fazer o Brasil voltar a sorrir”, diz Haddad no aniversário de Lula

3 – Cancelada no BBB da Globo, Karol Conká é rejeitada em shows de final de ano

Bolsonaro não quer ser bloqueado nas redes sociais e recorre ao STF

Outro pedido feito pelo presidente é que suas redes sociais não sejam bloqueadas. A solicitação de bloqueio foi feita pelo relatório final da CPI da Covid. Renan Calheiros explicou o motivo de ter inserido isso no documento.

O desejo de exclusão do governante da web é por conta da declaração dele, que relacionou a vacina contra a Covid-19 com a AIDS. A fala ocorreu semana passada, na live semanal.

Porém, a AGU disse que a medida é “ilegal” e “arbitrária”. Agora cabe ao Supremo avaliar se concorda com a tese da defesa do presidente.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.