Saiba que ministro do STF vai decidir se Allan dos Santos pode ou não voltar à internet

Allan dos Santos STF
Allan dos Santos está nas mãos de Edson Fachin

Edson Fachin, ministro do STF, é quem vai decidir se Allan dos Santos vai poder ou não voltar à internet. A defesa do Canal Terça Livre ingressou com um mandado de segurança no STF contra a decisão do ministro Alexandre de Moraes. O magistrado ordenou que as contas bancárias ligadas ao veículo fossem bloqueadas. Além da exclusão dos perfis da empresa nas redes sociais.

O magistrado terá que analisar os argumentos colocados pelos advogados no documento. Para defesa da empresa, as ordens são “desproporcionais e arbitrários, uma vez que conduzem a danos irreversíveis para a empresa”.

Os advogados ainda dizem que o Terça Livre é um “canal de jornalismo multiplataforma”. O canal tem mais de um milhão de inscritos no YouTube. E, segundo a empresa, “emprega mais de 50 colaboradores”.

A defesa ainda pontuou que o veículo fez investimentos de expansão, tanto que inaugurou estúdio de filmagens. O objetivo era produzir programas para serem exibidos na TV e também em emissoras de rádio.

A petição foi distribuída por prevenção e agora falta Fachin relatar o seu posicionamento.

Leia mais:

1 – Essencial do DCM: Bolsonaro é suspenso do YouTube por uma semana e Renan pede banimento das redes

2 – Barroso pede à PGR que investigue live de Bolsonaro com fake news sobre vacina e Aids

3 – Dono do BTG Pactual aposta na vitória de Lula e detona Bolsonaro; Confira

Allan dos Santos e o pedido de prisão

Na quinta (21), o blogueiro bolsonarista teve prisão e extradição decretada pelo STF. O pedido foi feito pelo ministro Alexandre de Moraes há cerca de 15 dias no processo, que corre em sigilo. A decisão de Moraes atende a um pedido da Polícia Federal. Allan é investigado no inquérito que apura incitação a atos antidemocráticos e ataques à Corte.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link