A fusão de nanicos organizada pelo ‘centrão’ dá a noção do quanto Bolsonaro está isolado

 

Bolsonaro põe a mão na cabeça demonstrando preocupação
Bolsonaro põe a mão na cabeça demonstrando preocupação Reprodução: PT
O que Bolsonaro conseguiu na realidade foi transformar a política em tema tóxico, para não dizer cômico.
Suas lutas, suas bandeiras, nada é edificante. Tudo é esculhambação.

LEIA também: 

1. O governador, e não o Exército, deve impor autoridade para evitar motins. Por Moisés Mendes

Até o ajuntamento de homens que tenta salvar o que restou do seu governo.
Veja o caso do ‘centrão’, vendido como uma parede intransponível do bolsonarismo no Congresso. É, na realidade, um timeco de segunda divisão.
Tão vagabundo que precisa fazer catação para dar um time.
É o que conta o blogueiro Gerson Camarotti no g1.
O ‘centrão’ está virando a fusão de três partidos sem nenhuma expressão na política nacional: PP, PSL e PRB.

 

É possível dar governabilidade ao governo Bolsonaro?

A missão da patota: ampliar a governabilidade de Bolsonaro em um movimento considerado essencial para o mandatário neste momento.
É tóxico, não? Ou é cômico mesmo?
Carlos Bolsonaro sentado conversando
Carlos Bolsonaro. Foto: Reprodução/YouTube

Carluxo preso?

A decisão de Rodrigo Pacheco de rejeitar o pedido de impeachment de Alexandre de Moraes causou reações. Uma delas é do próprio ministro do STF que se sentiu fortalecido e até protegido pelo Senado. Diante disso, ele já estuda o próximo passo: a prisão de Carlos Bolsonaro, o Carluxo.

Moraes já tem em sua mesa elementos para autorizar a prisão do filho de Bolsonaro. Mas ele vem pisando em ovos para não extrapolar e justificar a abertura do pedido de impeachment. Agora, ele e outros ministros do Supremo entenderam a decisão de Rodrigo Pacheco como um recado.

Na visão deles é tudo muito cristalino: O Senado chancelou as decisões de Moraes como técnicas. Com isso, Alexandre de Moraes está à vontade para seguir agindo dentro do que entende ser a legislação. E ele parece disposto.

Leia mais:

1 – Toffoli ‘salva’ Wassef e suspende quebra de sigilo fiscal na CPI da Covid

2 – Youssef deixa Secretaria de Cultura de SP por incompatibilidade ideológica

3 – Lula relembra mãe e fala seu sonho: “Cuidar do povo brasileiro”

Alexandre de Moraes e Carlos Bolsonaro

Carluxo já sabe que sua prisão é iminente e até pediu socorro para o pai. Bolsonaro também sabe e tenta impedir de toda forma, mas até o momento não soube costurar uma negociação. O STF também está disposto a negociar e o recado é bastante claro.

Para Carluxo não ser preso é preciso que Bolsonaro contenha seus arroubos golpistas. Uma fonte confirmou ao DCM que, antes de mandar o 03 para a prisão, Moraes mandará um recado ao presidente. Se ele não quiser visitar o filho num presídio do Rio, é bom se comportar dentro das leis.

Bolsonaro, em compensação, está numa sinuca de bico. Ele é explosivo, mas sabe se comportar, mas um acordo faria ele ser criticado por radicais. Em compensação, o presidente sabe que não tem força para dar golpe. Ele ainda não sabe o que fazer.