Após pedido de prisão contra Allan dos Santos, bolsonarista sugere “cancelar o CPF do Xandão”

Bolsonarista sugere "cancelar o CPF" de Alexandre de Moraes
Bolsonarista sugere “cancelar o CPF” de Alexandre de Moraes. Foto: Reprodução

Um bolsonarista identificado como “Renato” ameaçou assassinar o ministro Alexandre de Moraes. Em grupo do Telegram do Terça Livre, ele diz que a “única solução possível é cancelar o CPF do Xandão”. Após usar expressão comum a milicianos, finaliza com “Deus que me perdoe”.

A motivação do apoiador do presidente é o pedido de prisão contra Allan dos Santos. Desde ontem (21) bolsonaristas têm falado sobre cometer o crime contra o magistrado. Um deles, identificado como “Breno Henrique”, sugeriu “fazer uma vakinha pra contratar um maluco pra matar o Alexandre e o Barroso”.  “Se eu tivesse a grana do véio da Havan, mandava uns 8 matadores de aluguel passar os ministros do STF. É a única solução”, acrescentou.

Outra bolsonarista sugeriu “invadir aquele prostíbulo” e “arrancar eles a pancadaria” (sic).

Leia também:

1 – Alec Baldwin é visto “perturbado” e chorando após morte acidental de diretora, diz site

2 – Com medo, Allan dos Santos impõe condição para se entregar à polícia

3 – 3ª via tem de mirar Bolsonaro em 2022, diz Rodrigo Maia

A prisão do bolsonarista Allan dos Santos

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou a prisão preventiva do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. Além disso, o magistro pediu que Ministério da Justiça inicie imediatamente o processo de extradição. Allan dos Santos está nos Estados Unidos, com o visto vencido.

Moraes ordenou ainda que a Polícia Federal inclua o mandado de prisão na lista da Difusão Vermelha da Interpol, para garantir que Santos seja capturado e retorne ao Brasil. Também foi acionada a embaixada dos Estados Unidos. A decisão de Moraes atende a um pedido da Polícia Federal.