Exclusivo: STF quer caçada de Zé Trovão, bolsonarista foragido

Zé Trovão – Facebook/Reprodução

A Polícia Federal está em busca do caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, para cumprir um mandado de prisão. Segundo apurou o DCM, o STF pediu uma caçada para o bolsonarista foragido. Mais cedo, ele revelou que não vai se entregar antes dos atos golpistas do 7 de Setembro.

Para o Supremo, Zé Trovão precisa ser preso antes deste data. A prisão do bolsonarista foi solicitada pela PGR e cumprida pelo o ministro Alexandre de Moraes, por ataques contra o Poder Judiciário e apoio às manifestações antidemocráticas.

Zé Trovão estava entre os alvos de mandados de busca e apreensão que foram cumpridos no dia 20 de agosto. Mesmo proibido de usar as redes sociais, Zé Trovão participou de uma live com o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio, em que foram feitas novas ameaças à democracia.

Leia também

1- Empresas ligadas a ex de Bolsonaro podem ter sido usadas para ocultar dinheiro, diz MP

2- Moraes ‘paga pra ver’ e manda prender provocadores bolsonaristas. Por Fernando Brito

3- Bolsonaro ficou histérico ao saber que PGR pediu prisão de blogueiro

Advogado

O advogado do bolsonarista, Levi de Andrade, afirmou que Zé Trovão não vai se entregar antes das manifestações pró-Bolsonaro no 7 de Setembro.

“Tentaram silenciar 10 líderes, mas se esqueceram que existem 10 mil líderes que vão às ruas no feriado da Independência. A decretação da prisão vai insuflar ainda mais os manifestantes”, disse Andrade.

Deboche

Em vídeo, Trovão ainda voltou a debochar do STF e fazer ameaças a Corte.

“A minha prisão foi decretada e recado que eu tenho para dar para todo mundo aqui: olha minha cara de preocupado”, disse ele.

“Vamos botar os vagabundo no lugar deles. Eu tenho tenho medo nenhum. Tenho certeza que nenhum Brasileiro vai me abandonar”, continuou.

As imagens foram divulgadas nesta sexta-feira (03) pelo caminhoneiro que afirmou que participará dos atos golpistas.