VÍDEO: Em Pernambuco, padre critica Bolsonaro e diz que “corja miserável” está sangrando o país

Padre detona Bolsonaro durante missa
O padre Luis Marques Ferreira. Foto: Reprodução

Homenageado na 34ª Missa do Poeta em Tabira (PE), o padre Luis Marques Ferreira desabafou sore o governo. Ele questiona bandeiras do bolsonarismo e diz que “uma corja miserável” está sangrando o país.

“Eu aprendi que a gente mora em um país tupiniquim infelizmente mal educado”, lamenta.

“Uma pessoa que ri, que muitas vezes desdenha da dor humana, isso não é meu país. O país que eu acredito e sempre acreditei é o pais dos que se organizaram como as mulheres de Tejucupapo, eu acredito no meu pais de Antônio Conselheiro, eu acredito no pais de Barbosa Lima Sobrinho, eu acredito no país de João Cabral de Melo Neto, de José Lins do Rêgo e também de Ariano Suassuna. Eu acredito no pais de Dom Francisco”.

Leia também:

1 – Flávio Bolsonaro sugere nome para substituir indicação de André Mendonça ao STF

2 – “Bolsonaro se acha dono da Petrobras”, diz ex-presidente da estatal

3 – Esposa de Eduardo Bolsonaro mentiu: Deputado usa dinheiro público em viagens

Padre critica Milton Ribeiro por fala sobre alunos com deficiência

O padre critica a fala de Milton Ribeiro sobre estudantes com deficiência. Para o religioso, o ministro da Educação é mais uma tragédia deste governo. “Um homem que coloca pessoas para trabalhar num Ministério que acha que uma pessoa com uma deficiência física, visual, especial, atrapalha…”, afirma. A fala se refere à crítica do ministro a alunos com deficiência.

O titular da Educação já disse também que a convivência com eles é “impossível” e que atrapalham aprendizado das outras.