Record espalha fake news velha e requentada contra Lula e Cristina Kirchner

Record volta a atacar líderes de esquerda e Lula com fake news
Record volta a atacar líderes de esquerda e Lula com fake news. Foto: Reprodução

Em matéria no Domingo Espetacular neste domingo (31), a Record espalha uma velha mentira reiteradamente contada por extremistas de direita aqui no Brasil e no exterior: a de que líderes de esquerda da América Latina receberam repasses de dinheiro do governo da Venezuela para implantar o socialismo no continente.

“Jornalistas investigativos se debruçaram sobre os patrimônios desses governantes e apontam fortunas que estariam escondidas nas mãos de falsos empresários bem sucedidos”, diz Eduardo Ribeiro, apresentador do programa, sem mostrar uma única prova contra os adversários do dono da emissora, bispo Edir Macedo.

A matéria cita Lula, Hugo Chávez, Cristina Kirchner e Fidel Castro. Diz que eles “pregaram socialismo” mas “distribuíram riquezas para parentes e amigos”.

A nova cartada da Record é uma fake news requentada.

Faz parte de articulação internacional da extrema-direita para atacar líderes de esquerda pelo mundo. A matéria cita Hugo Carvajal, que chefiou o serviço de inteligência do governo venezuelano até 2014 até se tornar um desertor.

Ele é acusado de tráfico de narcotráfico internacional pelos Estados Unidos e fugiu para a Espanha em 2019. Foi rapidamente preso e aguarda sua extradição. Nos últimos dias, quando se sinalizava que finalmente seria deportado, inventou que o Podemos, partido político espanhol, recebeu dinheiro do governo venezuelano.

Agora, espalha que houve um “financiamento internacional” para Nestor Kirchner (Argentina), Evo Morales (Bolívia), Fernando Lugo (Paraguai), Ollanta Humala (Peru) Zelaya (Honduras), Gustavo Petro (Colômbia) e também Lula.

Leia também:

1 – Guedes é criticado por ministros após chamar Marcos Pontes de “burro”

2 – Bolsonarista ameaça estrangeira nas ruas de Roma

3 – Associação Brasileira de Imprensa repudia agressão a jornalistas e crítica presidente: “Envergonha o Brasil”

Record se une a Bolsonaro e à extrema-direita internacional com conspirações

A conspiração foi disseminada pelo próprio presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em entrevista à TV italiana. Ao canal de notícias Sky tg24, ele disse que “todas as autoridades de esquerda receberam recursos do narcotráfico, fundos também enviados para a Espanha”. “É uma longa história, sua liderança política começou quando ele teve contato com as FARC colombianas e a partir desse momento começou essa relação com o narcotráfico”, prosseguiu.

É a segunda fake news da emissora contra Lula em menos de um mês. Também no “Domingo Espetacular”, usou jornalista da ultradireita espanhola, Cristina Seguí, acusou partidos de esquerda da América Latina de usarem dinheiro do “narcotráfico”.

 

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.