URGENTE: Corregedor do TSE vota pela absolvição de Bolsonaro e Mourão

Ministro do TSE durante voto
O relator do TSE votou pela absolvição da chapa Bolsonaro e Mourão – Reprodução/YouTube

O relator do processo contra Bolsonaro e Mourão, ministro do TSE Luis Felipe Salomão, pediu a absolvição do mandato da chapa. O julgamento está acontecendo na noite de hoje (26) e o ministro, após longo voto, indicou que os responsáveis pela denúncia não tinham provas. Em seu voto, Salomão encaminhou o relatório pela não condenação de toda a chapa.

Inicialmente, durante o discurso do magistrado, especulou-se que ele seria favorável a cassação. Porém, na reta final da sua argumentação, informou que os requerentes não conseguiram comprovar nenhum dos parâmetros para demonstrar a gravidade do episódio.

“Os resultados até aqui são catastróficos em clara intenção de destruir o ambiente democrático”, disse o ministro no voto. Ele citou ainda Alexandre de Moraes, para mostrar que houve real possibilidade de uma associação criminosa. Não satisfeito, Salomão lembrou o ‘gabinete do ódio’ que postava notícias falsas e lembrou que o STF foi vítima.

“Penso que as evidências saltam aos olhos, quando as provas analisadas como um todo”, declarou. “O conjunto comprobatório não deixa margem para dúvidas de que a campanha vencedora usou o WhatsApp para promover disparos em massas”.

“Penso não haver margem para dúvida, ato abusivo a promoção de disparo em massa em aplicativo de mensagens instantânea. E ainda mensagens falsas contra seus adversários políticos”, cravou.

Leia também

1 – Relatório final da CPI da Covid é aprovado e atribui nove crimes a Bolsonaro

2 – Maurício Souza não pretende se desculpar por homofobia e já tem um plano fora das quadras

3 – Aras não quer indiciar Bolsonaro por um motivo específico

TSE pode cassar Bolsonaro?

Agora, os outros ministros irão votar o relatório de Salomão e decidir o futuro da chapa Bolsonaro e Mourão. A expectativa da defesa e do Centrão é de que a maioria opte por arquivar o processo. O próprio vice já disse que não acredita que acontecerá algo.

Nos bastidores, como o DCM antecipou, está uma incógnita porque se sabe que, ao menos três ministros, querem cassar a chapa. Diante disso, com o voto do relator, a situação de Bolsonaro e de Mourão ficará nas mãos do restantes dos ministros. Se houver cassação, os próximos acontecimentos movimentarão a política.