Em Brasília, chapa Lula-Alckmin já tem até apelido

Lula e Alckmin se cumprimentando com um aperto de mãos
Lula e Alckmin já ganham apelido para a chapa presidencial – Foto: Reprodução

Lula e Alckmin não confirmam que estarão juntos na corrida eleitoral de 2022, mas a chapa começa a ganhar força. E isso ocorre também nos bastidores e corredores do poder, tanto que em Brasília já existe um apelido para a dupla. Criado por um grupo de políticos, que ainda tenta olhar de canto de olho o acordo, o nome vem sendo usado em grupos de mensagens.

“Luchu”, é o nome dado por alguns políticos de vários segmentos. O termo é para dar a entender que juntar dois políticos de pensamentos diferentes e a famosa frente ampla é um luxo. Em tese, o nome ganhou força até em aliados de Alckmin e de Lula em grupos de WhatsApp e do Telegram. Mas a composição do nome também tem outro motivo.

A composição da chapa tem um nome óbvio, Lu de Lula, mas e o chu? Para quem acompanha a política já sabe que trata-se de um apelido dado a Geraldo Alckmin há muitos anos. O ex-governador é chamado nos corredores de Picolé de Chuchu, daí a sílaba para o nome. Ainda que muitos considerem o apelido capcioso, nenhum dos dois envolvidos se incomodou.

Leia também

1 – Moro vai ao Nordeste, usa chapéu de cangaceiro e é massacrado nas redes

2 – Bolsonaro volta a descredibilizar vacina: “Quer melhor do que a própria contaminação?”

3 – Bolsonaro quer barrar governadores e mudar lei para bloquear passaporte da vacina

Lula e Alckmin

Um aliado de Geraldo Alckmin confirmou ao DCM que ele não se ofende com o termo. “Ele achou até engraçado e acha que ‘luchu’ pode realmente pegar”, disse. A mesma pessoa também garantiu que o ex-governador nunca se chateou em ser chamado de Picolé de Chucu, já que é o seu jeito de ser.

Enquanto os apelidos começam a crescer, Lula e Alckmin vem ganhando cada vez mais espaço na mídia. O nome dos dois fez disparar as buscas pelo petista. Ao mesmo tempo, o ainda tucano confirmou a amigos que quer aceitar ser vice na chapa presidencial.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.