Primeiro-ministro da Espanha conta como foi encontro com Lula

Lula e Pedro Sánchez
Lula e Pedro Sánchez no Palácio de Moncloa. Foto: Ricardo Stuckert

O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, relatou como foi o encontro com o ex-presidente Lula. Eles conversaram nesta sexta (19), no Palácio de Moncloa, sede central da Presidência do Governo do país. Segundo o premiê, os países “compartilham fortes laços estruturais e permanentes em diferentes áreas”.

Na reunião, conta, trataram “de vários assuntos de interesse comum, como a situação da pandemia, as mudanças climáticas ou a recuperação econômica”.

Lula relata que houve um “importante diálogo” com o primeiro-ministro. “Falamos sobre a integração europeia e da América Latina, além da importância das relações Brasil Espanha”, conta.

“Também conversamos sobre nossas experiências na construção de políticas públicas de combate à desigualdade. E dividimos a preocupação com o tema das mudanças climáticas e a importância da solidariedade entre as democracias no enfrentamento ao avanço da extrema direita”, completa.

Leia mais:

1 – Bolsonaro pediu que Enem trocasse “Golpe Militar” por “revolução”

2 – Guedes errou: árabes não compraram o Manchester United e Cristiano Ronaldo

3 – PEC dos Precatórios: Lira e Pacheco batem boca: “Capacho do Bolsonaro”

Lula na Europa

Lula está na Europa desde a última quinta (11). O presidente já passou pela Alemanha, onde se encontrou com o futuro chanceler, o social-democrata Olaf Scholz. Também teve reunião com Martin Schulz, liderança social-democrata no país.

Logo depois, o petista partiu para a Bélgica. Lá, encontrou Josep Borrell, vice-presidente da Comissão Europeia e Alto Representante da União Europeia para Relações Exteriores. Também se reuniu com a líder sindical internacional Sharan Burrow, secretária-geral da Confederação Sindical Internacional. Ele também discursou no Parlamento Europeu, em Bruxelas. O DCM TV cobriu o evento com exclusividade.

Em seguida, o petista partiu para a França, onde almoçou com Anne Hidalgo, prefeita de Paris. Também recebeu o prêmio Courage Politique, que o DCM acompanhou com exclusividade, nesta quarta (17).  Ontem (18), foi recebido por Emmanuel Macron, presidente da França, como um chefe de Estado.

A Espanha é o último país pelo qual passa o presidente, que participa de encontros com líderes políticos e de movimentos. O ex-presidente participou do seminário “cooperação multilateral e recuperação regional pós-Covid 19″ nesta quinta-feira (18). Também se reuniu com o movimento sindical Unión General de Trabajadores (UGT).

 

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link