Ator da Globo tenta rebater críticas: “Me chamaram de machista, fascista e taxidermista”

Juliano Cazarré – João Cotta/Globo

Do UOL.

Juliano Cazarré rebateu as críticas ao post sobre masculinidade e mães solteiras. O ator, que está no elenco da novela Amor de Mãe, substituta de A Dona do Pedaço na Globo, debochou dos ataques e disse ter sido chamado de “machista, fascista e taxidermista (especialista em empalhar animais)”.

“Fiz um post de um gorila protegendo sua família e me chamaram de machista, fascista e taxidermista. Uma turma começou a me atacar e o bagulho foi parar na internet e no Twitter. Ouvi dizer que até o Fefito falou mal de mim no Morning Show. (Depois fui ver o vídeo e tudo que ele fala sobre o grande número de mães que criam filhos sozinhas apenas corrobora o que eu disse. Tá faltando homem e sobrando moleque)”, escreveu Cazarré, citando o jornalista Fernando Oliveira, da rádio Jovem Pan.

(…)

CONFIRA TAMBÉM – Ator da Globo destila machismo na rede: “sociedade vem deturpando valores, atacando a masculinidade” 

View this post on Instagram

Fiz um post de um gorila protegendo sua família e me chamaram de machista, fascista e taxidermista. Uma turma começou a me atacar e o bagulho foi parar na internet e no Twitter. Ouvi dizer que até o Fefito falou mal de mim no Morning Show. (Depois fui ver o vídeo e tudo que ele fala sobre o grande número de mães que criam filhos sozinhas apenas corrobora o que eu disse. Tá faltando homem e sobrando moleque.) Imediatamente apareceram milhares de pessoas com bom senso mandando comentários de apoio. Meu número de seguidores aumentou. Isso só prova que muitas pessoas concordam e estão ansiosas em ouvir o óbvio. HOMENS: CUIDEM DE SUAS FAMÍLIAS. SEJAM PAIS LEGAIS E PRESENTES. Obrigado, gorila. Grande dia. 🦍

A post shared by Juliano Cazarré (@cazarre) on

Categorias
Destaque
Pedro Zambarda de Araujo

Escritor, jornalista e blogueiro. Autor dos projetos Drops de Jogos e Geração Gamer, que cobrem jogos digitais feitos no Brasil e globalmente. Teve passagem pelo site da revista Exame e pelo site TechTudo. E-mail: pedrozambarda@gmail.com

Relacionado por