Ex-mulher processa autor de ‘O Código da Vinci’ e acusa de usar bens para pagar relacionamentos extraconjugais

Dan Brown. Foto: Wikimedia Commons

Do UOL.

Blythe Brown, ex-mulher de Dan Brown, acusa o autor de “O Código da Vinci” de viver “uma vida proverbial de mentiras. Em um processo, ela alega que o escritor teria usado bens conjugais para pagar coisas relacionadas a casos com várias outras mulheres.

De acordo com a ex-esposa, ele teria usado o dinheiro para esconder os affairs. Os documentos do processo foram obtidos pela revista People, dos Estados Unidos, e a ação foi registrada em um tribunal de New Hampshire.

As alegações dela envolvem “conduta infiel e notória” que ele teria levado durante o casamento, que terminou em dezembro de 2019. O processo trata Blythe como uma mulher que sempre apoiou Dan Brown, com quem se casou em 1997.

“O relacionamento entre Blythe e Dan era baseado em confiança mútua, respeito e honestidade, ou pelo menos era o que ela acreditava. No fim, nos últimos anos do casamento, Dan passou a mentir e decepcioná-la sistematicamente”, diz o processo.

Em resposta a estas acusações, que diz serem “falsas”, Dan Brown se disse “atordoado” e afirmou que sempre foi justo e verdadeiro com Blythe; ele justifica que a ex-mulher recebeu mais da metade de suas posses com o divórcio.

(…)

Categorias
DestaqueGente
Pedro Zambarda de Araujo

Escritor, jornalista e blogueiro. Autor dos projetos Drops de Jogos e Geração Gamer, que cobrem jogos digitais feitos no Brasil e globalmente. Teve passagem pelo site da revista Exame e pelo site TechTudo. E-mail: pedrozambarda@gmail.com

Relacionado por