Pedro Cardoso sobre denúncia de Paulo Marinho envolvendo Bolsonaros: “É um retrato do lamaçal!”

Pedro Cardoso. Foto: Reprodução/Instagram

Do Instagram do ator Pedro Cardoso, ex-Globo:

O nazifascismo é mesmo um mar na lama na qual chafurdam porcos oportunistas; e roubam ao povo a chance de um país-por-vir. Sugiro a entrevista na Folha de um tal Paulo Marinho; outro bolsonarista sem bolsonaro, agora candidato a prefeitura do Rio. Leiam lá. O tipo descreve o comportamento desonesto dele mesmo e de Flávio Bolsonaro mas fazendo parecer que tudo se passou dentro da normalidade democrática; diz que o “capitão” não tem condições de governar como se ele não tivesse sido um entusiasta da campanha dele.

Leiam lá. É um retrato do lamaçal!

Presos 2 Bolsonaristas que ameacaram Morais. Ameaça é crime. Liberdade de expressão não é garantia de direito de fazer ameaça. Ponto. Queira o deus que não existe que as ilhas de legalidade deste lugar sem país contenha as máfias armadas que já estão nas ruas. Tenho simpatia alguma por Morais mas me atenho a réstia de legalidade que resta. A única saída sem sangue é a democracia.

Entrevista é um acordo pela verdade. Entrevistado não pode definir a pauta. Não responda se não quiser mas deve aceitar a surpresa de qualquer pergunta. Bem fez a jornalista da CNN ao repudiar censura do nazifascista Veintraube. Mérito para a pessoa dela; a empresa, desconfio até da sinceridade do boa noite.

Todo os dias a involução de extrema-direita avança. O país nunca terminado que chamam brasil está diminuído. A pandemia trouxe a oportunidade de promover genocídio para deleite dos sádicos. As elites emergentes desesperam-se pela abertura de uma economia que deveria desaparecer para sempre. Nós lutamos, protestando todos os dias; mas falta-nos ainda clareza do mundo novo pelo qual lutamos. É coerente que falte; a dificuldade do futuro é real. Já era antes.

A emersão desta atualização do nazifascismo eterno (Humberto Eco) veio nos ocupar a atenção que deveria estar voltada para a ecologia.

Grande angústia. Mas na luta.

Bom domingo.

LEIA MAIS – Flávio soube que Queiroz seria investigado com antecedência, segundo suplente do senador

View this post on Instagram

Bom dia. O nazifascismo é mesmo um mar na lama na qual chafurdam porcos oportunistas; e roubam ao povo a chance de um país-por-vir. Sugiro a entrevista na Folha de um tal Paulo Marinho; outro bolsonarista sem bolsonaro, agora candidato a prefeitura do Rio. Leiam lá. O tipo descreve o comportamento desonesto dele mesmo e de Flávio Bolsonaro mas fazendo parecer que tudo se passou dentro da normalidade democrática; diz que o “capitão” não tem condições de governar como se ele não tivesse sido um entusiasta da campanha dele. Leiam lá. É um retrato do lamaçal! Presos 2 Bolsonaristas que ameacaram Morais. Ameaça é crime. Liberdade de expressão não é garantia de direito de fazer ameaça. Ponto. Queira o deus que não existe que as ilhas de legalidade deste lugar sem país contenha as máfias armadas que já estão nas ruas. Tenho simpatia alguma por Morais mas me atenho a réstia de legalidade que resta. A única saída sem sangue é a democracia. Entrevista é um acordo pela verdade. Entrevistado não pode definir a pauta. Não responda se não quiser mas deve aceitar a surpresa de qualquer pergunta. Bem fez a jornalista da CNN ao repudiar censura do nazifascista Veintraube. Mérito para a pessoa dela; a empresa, desconfio até da sinceridade do boa noite. Todo os dias a involução de extrema-direita avança. O país nunca terminado que chamam brasil está diminuído. A pandemia trouxe a oportunidade de promover genocídio para deleite dos sádicos. As elites emergentes desesperam-se pela abertura de uma economia que deveria desaparecer para sempre. Nós lutamos, protestando todos os dias; mas falta-nos ainda clareza do mundo novo pelo qual lutamos. É coerente que falte; a dificuldade do futuro é real. Já era antes. A emersão desta atualização do nazifascismo eterno (Humberto Eco) veio nos ocupar a atenção que deveria estar voltada para a ecologia. Grande angústia. Mas na luta. Bom domingo.

A post shared by Pedro Cardoso (@pedrocardosoeumesmo) on

Categorias
Destaque
Pedro Zambarda de Araujo

Escritor, jornalista e blogueiro. Autor dos projetos Drops de Jogos e Geração Gamer, que cobrem jogos digitais feitos no Brasil e globalmente. Teve passagem pelo site da revista Exame e pelo site TechTudo. E-mail: [email protected]

Relacionado por