Caso Neymar: Globo “esquece” Mauro Naves na geladeira e nem cobra explicações

Mauro Naves. Foto: Divulgação

O jornalista Maurício Stycer fala sobre o caso em seu blog no UOL. “Três semanas após ser afastado do trabalho na Globo, o jornalista Mauro Naves vive uma situação de completo isolamento. Até hoje ele não foi sequer chamado à emissora para conversar pessoalmente sobre os fatos que causaram o seu afastamento. Em 5 de junho, no Jornal Nacional, William Bonner relatou que Naves deixou de avisar a Globo ter sido o intermediário de um encontro entre os advogados da mulher que acusava Neymar de estupro e o pai do jogador. Em uma nota com termos duros, o apresentador disse: ‘Em sua defesa, Mauro Naves explicou que se limitou a repassar os contatos do pai do Neymar para o advogado, a quem já conhecia, porque esperava obter a história com exclusividade'”.

Ele desenvolve seu raciocínio: “Naves trabalha na Globo há mais de 30 anos. Era, já há muito tempo, um dos principais repórteres esportivos da emissora e responsável, frequentemente, pela cobertura da seleção brasileira, o assunto mais importante na área. Por isso, causou choque o tom da nota lida por Bonner, encerrada assim: ‘Há evidências que as atitudes dele neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos'”.

E completa: “Procurada, a Globo disse que não há novidades no caso e que Naves permanece afastado da cobertura esportiva”.

Categorias
GloboSeries & TVTV
Pedro Zambarda de Araujo

Escritor, jornalista e blogueiro. Autor dos projetos Drops de Jogos e Geração Gamer, que cobrem jogos digitais feitos no Brasil e globalmente. Teve passagem pelo site da revista Exame e pelo site TechTudo. E-mail: pedrozambarda@gmail.com

Relacionado por