Diretor Pedro Almodóvar fatura sete prêmios Goya

Almodóvar levou sete estatuetas por ‘Dor e Glória’; filme autobiográfico rendeu a Antonio Banderas prêmio de melhor ator – Jorgue Guerrero/AFP

Da AFP.

O diretor Pedro Almodóvar foi o grande vencedor da cerimônia de premiação do Goya no sábado (25), coroando seu autobiográfico “Dor e glória” com sete estatuetas, entre elas, melhor filme, melhor direção e melhor roteiro original.

“Vocês nos deixaram muito felizes esta noite”, disse Almodóvar aos membros da Academia de Cinema, reunidos para a cerimônia em Málaga, na Espanha. Antonio Banderas, seu alter ego no filme, venceu na categoria de melhor ator.

O filme, ambientado na infância e na juventude de Almodóvar, também foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, e Banderas a melhor ator. 

No entanto, o reconhecimento da academia espanhola não era garantido —nem sempre ela compartilha a devoção internacional ao diretor. 

Apesar de ter sido indicado para melhor diretor em nove ocasiões anteriores, Almodóvar só ganhou o prêmio com “Tudo sobre minha mãe” (1999) e “Volver” (2006).

(…)

Categorias
Destaque
Pedro Zambarda de Araujo

Escritor, jornalista e blogueiro. Autor dos projetos Drops de Jogos e Geração Gamer, que cobrem jogos digitais feitos no Brasil e globalmente. Teve passagem pelo site da revista Exame e pelo site TechTudo. E-mail: [email protected]

Relacionado por