Gregório Duvivier sobre Luciano Hang na Justiça: “sim, o véio da Havan me processou e perdeu”

Gregório Duvivier. Foto: Wikimedia Commons

A Justiça do Rio de Janeiro arquivou uma queixa-crime impetrada por Luciano Hang, o dono da Havan, contra Gregório Duvivier. Num tuíte, Duvivier chamou o empresário mais bolsonarista do Brasil de “véio da Havan”. Hang reclamou por que, junto a um meme, o ator postou: “tô tisti alguém mata o véio  da havan”.

O empresário afirmou que além de ter sofrido injúria, houve incitação ao homicídio. Adefesa argumentou que o apelido já era conhecido nacionalmente e que, dois dias depois da primeira postagem, Duvivier publicou um novo post: “já que tudo tem q ser explicado mil vezes: não, eu não quero q ninguém mate o velho da havan. estava apenas reproduzindo um meme. quero que todos tenham vida longa até o velho da havan, que nem é tão velho assim. Bjo”.

Ao rejeitar a queixa-crime, a juíza Maria Tereza Donatti, da Justiça do Rio de Janeiro, afirmou: “O que temos é a irresignação de um cidadão diante de uma piada formulada por um humorista, nada além disso”. A decisão ainda pode ter recurso.

Duvivier comentou a decisão no Twitter:

sim, o véio da havan – vulgo @lucianohang – me processou. e perdeu. e a sentença da juiza é maravilhosa. que sirva pros próximos evitarem perder tempo.

Categorias
Gente
Pedro Zambarda de Araujo

Escritor, jornalista e blogueiro. Autor dos projetos Drops de Jogos e Geração Gamer, que cobrem jogos digitais feitos no Brasil e globalmente. Teve passagem pelo site da revista Exame e pelo site TechTudo.

Relacionado por